Ângelo Martingo

Edit

Contactos

Instituto de Letras e Ciências Humanas
Universidade do Minho
Campus de Gualtar
4710-057 Braga


E-mail: Erro: Browser não suporta Javascript


Categoria Profissional

Professor Auxiliar


Qualificações Académicas

Pós-Doutoramento (2004-2007), em Estudos de Interpretação, registado no Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical (CESEM), sob a orientação de Mário Vieira de Carvalho (Professor Catedrático, Universidade Nova de Lisboa) e Helena Rodrigues (Professora Auxiliar, Universidade Nova de Lisboa).

Doctor of Philosophy, pela Universidade de Sheffield (2004) em colaboração com o Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical (CESEM/UNL), sob a orientação de Nicola Dibben (Lecturer), e Mário Vieira de Carvalho (Prof. Catedrático).

Master of Music in Performance (Distinction) (1999) pela Universidade de Reading (Inglaterra) sob orientação de Cristopher Wilson (Lecturer) e Jonathan Dunsby (Professor Catedrático).


Áreas de Investigação de Interesse

Sociologia da Música, Interpretação Musical


Projetos de Investigação

Ontem, Hoje e Amanhã – Preservar o Passado para construir o Futuro. Responsável: Vasco Silva de Faria
Financiamento: Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura, Tempos Cruzados Programa Associativo.


Publicações

Livros
Martingo, A. 2011 Contextos da modernidade – Um inquérito a compositores portugueses. Porto: Atelier de Composição.

Martingo, A. 2007 (co-ed.). Interpretação Musical – Teoria e Prática. Ed. F. Monteiro & A. Martingo. Lisboa: Colibri.

Capítulos em Livros
Martingo, A. 2011. Temporalidade do espaço/espacialização do tempo – razão e sonho na produção e recepção artística contemporânea. In Rosas, João Cardoso & Vítor Moura (Eds.): Pensar radicalmente a humanidade - Ensaios de Homenagem ao Prof. Doutor Acílio da Silva Estanqueiro Rocha, pp. 69-79. V. N. Famalicão: Húmus/CEHUM.

Martingo, A. 2009. Musique informelle as postmodern thought: Adorno and Lyotard on the critical possibility of art. In Vieira de Carvalho, Mário (Ed.): Expression, Truth, Authenticity: On Adorno´s Theory of Music and Musical Performance, pp. 209-19. Lisboa: Colibri.


Artigos em Revistas Científicas

Martingo, A. & Paiva, C. A. 2016. O sonho da interpretação – o sentido como reconstrução em Freud e Adorno. Diacrítica, 30(2): 217-224.

Martingo, A. 2013. Música como mundividência. Da estaticidade medieval à contemporânea. Diacrítica 27(2): 135-147. [Peer Review, Scielo]

Martingo, A. 2012. Melodia e imitação musical em Ensaio sobre a origem das línguas. Diacrítica, 26(2): 369-381.

Martingo, A. 2011. A mecânica do sentir – racionalidade e mimesis na performance musical, Diacrítica, 25(2): 2003-2012.


Publicações Científicas em Actas de Encontros Científicos

Martingo, A. Paiva, C. A. 2017. Um corpo elíptico: a expressão e o gesto sob o signo da civilização. I Simposio Internacional de Investigação em Arte. In Leonido, Levi (Coord.): I Simposio Internacional de Investigação em Arte, p. 8. European Review of Artistic Studies.

Martingo, A. & Paiva, C. A. 2016. Modelos cognitivos na construção de sentido e comunicação musical. In Macedo, A. G., Sousa, C. M. & Moura, V. (Org.): As Humanidades e as Ciências. Disjunções e Confluências. Atas do XV Colóquio de Outono, pp. 149-154. Vila Nova de Famalicão: Húmus/Universidade do Minho – Centro de Estudos Humanísticos.

Martingo, A. 2012. A força da estrutura: música, linguagem, e o poder da expressão. In Santos, Maria do Girão Rosário & Lessa, Elisa (Coords.): Música, Discurso, Poder, pp. 309-316. Vila Nova de Famalicão: Húmus/Universidade do Minho – Centro de Estudos Humanísticos.

Martingo, A. 2011. [Martingo, A. & P. Maia] Os discursos poético e musical na construção de sentido em Dichterliebe. In Macedo, Gabriela, Carlos Mendes de Sousa & Vítor Moura (Eds.): Vozes, discursos e identidades em conflito, pp. 289-295. V. N. Famalicão: Húmus/CEHUM.

Martingo, A. & D. Coimbra. 2011. Taste, again: Naïve listener’s preferences of performed tonal music. In Williamon, Aaron, Darryl Edwards & Lee Bartel (Eds.): Proceedings of the International Symposium on Performance Science 2011, pp. 399-404. Utrecht, Netherlands: Association Européen des Conservatoires, Académies de Musique et Musikhochsculen (AEC).