Eunice Maria da Silva Ribeiro

Edit

Contactos

Departamento de Estudos Portugueses e Lusófonos
Instituto de Letras e Ciências Humanas
Universidade do Minho
Campus de Gualtar
4710-057 Braga


E-mail: Erro: Browser não suporta Javascript

ORCID: 0000-0003-2199-5265


Grupo de Investigação

GRUPO2I


Categoria Profissional

Profª Catedrática


Atividade Profissional

Docente do Departamento de Estudos Portugueses e Lusófonos (ILCH/UM)


Qualificações Académicas

- Licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas – Estudos Portugueses e Franceses pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto (1983).

- Doutoramento no Ramo de Ciências da Literatura – Área de Conhecimento de Literatura Portuguesa, pela Universidade do Minho com a tese "Ver. Escrever – José Régio, o texto iluminado" (1998).

- Agregação no grupo disciplinar de Teoria da Literatura e Literaturas de Língua Portuguesa do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho (2008).


Áreas de Investigação de Interesse

Literatura Comparada
Estudos Intermediais
Estudos de Identidade
Retratística
Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea
Cultura Visual



Projetos de Investigação

- Membro externo do projeto "El retrato literario en el mundo hispánico (siglos XVIII-XXI)", Universidad de Zaragoza, IR: Jesús Rubio (projeto financiado pelo Ministerio de Economía y Competitividad. Ref. FFI2015-63673-P, periodo de ejecución: de 1-1-2016 a 31-12-2018).

- IR do projeto "Retrato & Representação: ideias, formas e políticas identitárias no contexto cultural europeu", Universidade do Minho/Centro de Estudos Humanísticos; página do projeto: http://retratorepresentacao.wix.com/girr


Publicações

LIVROS:

Ribeiro, E. (org.).(2012). Modernidades Comparadas – Estudos Literários/Estudos Culturais Revisitados. Braga: Húmus/CEHUM.

Ribeiro, E. (ed.). (2011). Envolvimento e Clímax – Do entre das Artes (2.ª edição revista).
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/13521

Ribeiro, E. (coorg.).(2009). Atas do VI Congresso Nacional da Associação Portuguesa de Literatura Comparada / X Colóquio de Outono Comemorativo das Vanguardas. Disponível em: http://ceh.ilch.uminho.pt/outras_publicacoes_online_indice.htm

Ribeiro, E.(2008). Escritas Metamórficas – Sobre a ficção de Frederico Lourenço. Lisboa: Cotovia.

Ribeiro, E. (2007). Arte Régia – Leituras regianas. Porto: Pena Perfeita.

Ribeiro, E. (coorg.).(2004). Antologia da Poesia Experimental Portuguesa – Anos 60/Anos 80. Coimbra: Angelus Novus/Instituto Português do Livro.

Ribeiro, E. (2000). Ver. Escrever – José Régio, o texto iluminado. Braga: CEHUM.


REVISTAS:

Ribeiro, E. (ed.). (2012). Diacrítica (Dossier Autorrepresentação/Autorretrato/Autobiografia), 26/3. Braga: Húmus/CEHUM. Disponível em: http://ceh.ilch.uminho.pt/publicacoes/Diacritica_26-3.pdf

Ribeiro, E. (ed.). (2011). Diacrítica (Dossier Literatura e Religião), 25/3. Braga: Húmus/CEHUM.Disponível em: http://ceh.ilch.uminho.pt/publicacoes/Diacritica_25-3.pdf

Ribeiro, E. (ed.). (2010). Diacrítica (Dossier Literatura Comparada), 24/3. Braga: Húmus/CEHUM.
Disponível em: http://ceh.ilch.uminho.pt/publicacoes/Diacritica_24-3.pdf


CAPÍTULOS:

Ribeiro, E. (no prelo). Mário Dionísio segundo Mário Dionísio (atropelamento e fuga). In Basílio, K. (org.). Como uma pedra no silêncio — Atas do Congresso Internacional Mário Dionísio (eBook). Lisboa: Centro de Estudos Comparatistas/FCG.

Ribeiro, E. (no prelo). Aproximação à matéria. Maria Andresen: dos poemas, das pinturas. Ofício Múltiplo – Poetas em Outras Artes. Porto: ILC / Afrontamento.

Ribeiro, E. (no prelo). Pomar e o Retrato: a caça ao Snark. In Basílio, K. (org.). Júlio Pomar e as Artes. Lisboa: Húmus/Centro de Estudos Comparatistas.

Ribeiro, E. (no prelo). Dança e degolação: para uma poética do romance em Nuno Júdice. In A Dinâmica dos Olhares. Um Balanço de um Século de Literatura e de Cultura em Portugal (1912-2012), Lisboa: CLEPUL.

Ribeiro, E. (2015). O corpo extremo. Sobre ‘A Morte sem Mestre’ de Herberto Helder. In Dumas, C., Rodrigues, D. & Mendes, I. (orgs.). Herberto Helder: Se eu quisesse, enlouquecia (pp. 125-139). Rio de Janeiro: Oficina Raquel.
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/41727

Ribeiro, E. (2015). Confrontos. A vontade de retrato em Mónica Ortuzar. In Ortzar, M. Autorretratos. Braga: Museu Nogueira da Silva.
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/41726

Ribeiro, E. (2015). Imagens, fragmentos, ligações: Sobre Short Movies de Gonçalo M. Tavares. In FIORUCI, W. R. & WOLKOFF, G.
G.(org.). Correspondências: literatura e cinema (pp.27-37). Curitiba: Editora CRV.
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/41724

Ribeiro, E. (2015). Os estudos retratísticos em Portugal (artes plásticas e literatura). In Cultura XXI – Ensaios (pp. 57-95). Lisboa: Labirinto de Letras.
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/41725

Ribeiro, E. (2014). Retrato do Poeta como Artista. In Colóquio Homenagem a Vasco Graça Moura (pp. 63-75). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/33183

Ribeiro, E. (2012). Sob o visível: empernamentos e linhas de fuga na poesia de VGM. In Leão, I. P. & Barroso, E. P. (org.). VGM: Cinquenta anos de vida literária de Vasco Graça Moura. Aliás: uma homenagem (pp. 41-58). Porto: Modo de Ler.
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/24918

Ribeiro, E. (2011). O corpo em cruz: coreografias da carne. In Silva, J. A. C, Martins, J. C. O. & Gonçalves, M. (org.). Pensar a Literatura no Século XXI (pp. 509-521). Braga: Publicações da Faculdade de Filosofia – Universidade Católica Portuguesa, Braga.
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/13505

Ribeiro, E. (2011). Apropriações retratísticas: 3 casos (em parte) portugueses. In Núñez Sabarís, X. (org.). Diálogos Ibéricos sobre a Modernidade (pp. 63-78). Braga: Húmus/CEHUM.
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/12730

Ribeiro, E. (2011). 'Floating worlds’: Avenue Patrice Lumumba de Guy Tillim. In Lourenço, A. A. & Silvestre, O. (coord.). Literatura, Espaço, Cartografias (pp. 287-304). Coimbra: Centro de Literatura Portuguesa, Coimbra.
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/12723

Ribeiro, E. (2010). Christopher Wool: efeito e drible. In Macedo, A.G., Sousa, C. M. & Moura, V. (org.). Estudos Performativos: Global Performance / Political Performance (pp. 299-314). Braga: CEHUM.

Ribeiro, E. (2009). Uma certa forma de expressão: a leitura crociana de Fidelino de Figueiredo e de José Régio. In AA.VV. O Pensamento Luso-Galaico-Brasileiro (1850-2000) – Actas do I Congresso Internacional (vol. III, pp. 19-42). Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.

Ribeiro, E. (2008). Variações familiares: ainda a propósito de Velásquez. In Goulart, R. M., Fraga, M. C. & Meneses, P. (org.). O Trabalho da Teoria – Actas do Colóquio em Homenagem a Vítor Aguiar e Silva (pp. 219-229). Ponta Delgada: Universidade dos Açores.

Ribeiro, E. (2004). Sem título. Retratos e desfigurações: de Henrique Pousão a Vasco Graça Moura. In Sousa, C. M. & Patrício, R. (org.). Largo mundo alumiado – Estudos em homenagem a Vítor Aguiar e Silva (pp. 275-288). Braga: Centro de Estudos Humanísticos.

Ribeiro, E. (2003). Textos inéditos de Eunice Ribeiro e Dóris Graça Dias. In O poeta-pintor Julio/Saúl Dias. CD-ROM comemorativo do centenário do nascimento de Júlio/Saúl Dias. Lisboa: Plano9.

Ribeiro, E. (2002). 'Libertação' de José Régio [Leitura crítica]. In Silvestre, O. M. & Serra, P. (org.). Século de Ouro. Antologia Crítica da Poesia Portuguesa do Século XX. Lisboa: Cotovia.

Ribeiro, E. (2002). A pintura viva – sobre 'Discurso da Veracidade' de Francisco Laranjo. In Catálogo da Exposição Discurso da Veracidade de Francisco Laranjo. Porto: Galeria SalaMaior.

Ribeiro, E. (1992). A projectividade representativa no discurso neo-realista. In Singularidades de uma cultura plural – XIII Encontro de Professores Universitários Brasileiros de Literatura Portuguesa (pp. 501-504). Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Ribeiro, E. (1990). Concretismo: experiência(s) de ‘intercodificação. In Atas do Primeiro Congresso de Literatura Comparada (pp. 71-75). Lisboa: APLC.

Também publicado em PO.EX'70-80 – Arquivo Digital da Literatura Experimental Portuguesa. Disponível em: http://po-ex.net/index.php?option=com_content&task=view&id=
113&Itemid=31&lang=

Ribeiro, E. (1985). Uma Simbólica da Decadência – Análise semiótica do conto ‘O Tesouro’ de Eça de Queiroz. In AA.VV. Da Semiótica – Actas do I Colóquio Luso-Espanhol e do II Colóquio Luso-Brasileiro de Semiótica (pp. 255-260). Lisboa: Vega.

ARTIGOS:

(2017) “Estudar Régio: antes e depois do CER”, Boletim do Centro de Estudos Regianos, 22/23, II Série, janeiro 2016/dezembro 2017, pp. 25-26.

(2015) “O Autorretrato em Literatura: Ilustração e ruína”, Limite. Revista de Estudios Portugueses y de la Lusofonía, n.º 9, Universidade de Extremadura, pp. 321-335.
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/41728; WOS:000365355500013

(2014) “O Autorretrato em Literatura: Ilustração e ruína”, Encontros: Estúdio UM, #8: Auto-Representação, EAUM/ E1. Disponível em: http://www.estudioum.org/descarregar/encontros_estudioum_VIII_2014.pdf

(2013) “Fragmento e ruína: retratos modernos”, Cadernos de Literatura Comparada, n.º 28 - Modernismos Revisitados: 1912-2012, Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa, pp. 149-165.
Disponível em: http://ilc-cadernos.com/index.php/cadernos/issue/view/1. RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/41729

(2013) “Cultura e Humanidades”, Forum – Revista do Conselho Cultural da Universidade do Minho, n.º 47/48, 2012/2013, pp. 179-182. RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/41731

(2009) “O sombrio trabalho da beleza – notas sobre o barroco em Herberto Helder”, Diacrítica 23. 3 (2009: 41-66).
Disponível em: http://ceh.ilch.uminho.pt/Diacrítica_Lit_23-3.pdf

(2008) “A hipótese da realidade: sobre o Laocoonte”, Relâmpago, 23 (2008: 145-162).

(2008) “Poéticas do Retrato – o desgaste das imagens”, Diacrítica, 22/3 (2008: 265-322).
Disponível em: http://ceh.ilch.uminho.pt/diacritica_pdf_22_3.pdf

(2005) “…à imprecisa luz da narrativa… – Frederico Lourenço: contos metamórficos”, Diacrítica, 18-19/3 (2004-2005: 161-178).

(2004) “Cantos da docilidade”, Relâmpago, 15 (10/2004: 35-55) – número monográfico dedicado a Eugénio de Andrade.

(2001) “José Régio: ironia, caricatura e silêncio”, Boletim do Centro de Estudos Regianos, 8-9 (2001:104-109)

(2001) “José Régio e a nostalgia da linguagem”, Revista Portuguesa de Humanidades, Universidade Católica, V, Fascs. 1-2 (2001: 269-278).

(2000) “José Régio e a Política, de António Ventura”, Forum, 28 (2000:189-193).

(1999) “Régio e a ilustração: a gratificante evidência”, Boletim do Centro de Estudos Regianos, 4-5 (1999: 116-126).

(1998) “Os manuscritos regianos: cenários da autografia”, Boletim do Centro de Estudos Regianos, 2 (1998: 50-58).

(1995) “Abílio: as manufacturas da escrita”, Diacrítica, 10 (1995: 205-224).

Também publicado em PO.EX'70-80 – Arquivo Digital da Literatura Experimental Portuguesa. Disponível em: http://po-ex.net/index.php?option=com_content&task=view&id=
114&Itemid=31&lang=

(1990) “Fernando Pessoa e o(s) neo-paganismo(s): uma supra-heteronímia?”, Diacrítica, 5 (1990: 107-132).

(1989) “E. M. de Melo e Castro: Experiências Poéticas com Corpos Radiantes”, Diacrítica, 3-4 (1988-89: 263-279).

Também publicado em PO.EX'70-80 – Arquivo Digital da Literatura Experimental Portuguesa. Disponível em: http://po-ex.net/index.php?option=com_content&task=view&id=
114&Itemid=31&lang=

(1987) “O fantástico descritivo n'O Barão de Branquinho da Fonseca”, Diacrítica, 2 (1987: 177-182).

RECENSÕES:

(2016) João de Melo, Os Navios da Noite (Lisboa, Dom Quixote, 2016), Colóquio/Letras, 193 (2016: 226-229).
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/44679

(2015) Bruno Vieira Amaral, As primeiras coisas (Lisboa, Quetzal Editores,2013), Colóquio/Letras, 188 (2015: 247-250).
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/41732; WOS:000349271600032

(2011) João Tordo, O Bom Inverno (Lisboa, Caminho, 2010), Colóquio/Letras, 177 (2011: 246-249).
RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/13213; WOS:000291339200037

(2010) Ricardo Vasconcelos, Campo de Relâmpagos (Lisboa, Assírio&Alvim, 2010), Colóquio/Letras, 175 (2010: 242-244). WOS:000282534300043

(2010) Luísa Costa Gomes, Ilusão (ou o que quiserem) (Lisboa, Dom Quixote, 2009), Colóquio/Letras, 174 (2010: 221-224).

(2009) Paulo Teixeira, O Anel do Poço (Lisboa, Caminho, 2009), Colóquio/Letras, 172 (2009: 217-220). WOS:000272476200022

(2002) “Alquimistas e Engenheiros”, Relâmpago, 11 (10/2002: 209-212). Recensão a Um calculador de improbabilidades, Ana Hatherly (Editora Quimera, 2001).

(1998) “Qualquer coisa vaga...: ramificações do silêncio em Ramos Rosa”, Relâmpago, 3 (10/1998: 105-108). Recensão a A Imobilidade Fulminante, António Ramos Rosa (Editora Limiar, 1998).

(1993) Edição fac-similada compacta da revista Presença (Tomos I, II e III, Lisboa, Contexto, 1993), Diacrítica, 8 (1993: 317-319).

(1987) Mário Cláudio, Amadeo (2ª ed., Lisboa, IN/CM, 1985), Diacrítica, 2 (1987: 254-256).

(1985) Sophia de Mello Breyner Andresen, Histórias da Terra e do Mar (Lisboa, Ed. Salamandra, 1984), Nova Renascença, 17 (1985: 83-85).

(1984) José Saramago, O Ano da Morte de Ricardo Reis (Lisboa, Ed. Caminho, 1984.), Nova Renascença, 16 (1984: 437-440).

(1984) Júlio César Machado, Uma Récita do Roberto do Diabo (Lisboa, Ed. Rolim, 1984), Nova Renascença, 16 (1984: 435-437).

(1984) José Cardoso Pires, Balada da Praia dos Cães (Ed. ‘O Jornal’, 8ª ed., 1983), Estudos Italianos em Portugal – Revista do Instituto de Cultura Italiana, 45-46-47 (1982-1983-1984: 507-510).

VERBETES:

(2009) Poemas Portugueses – Antologia da Poesia Portuguesa do Séc. XIII ao Séc. XXI, Jorge Reis-Sá e Rui Lage (org.), Porto, Porto Editora, 2009. Verbetes biobiliográficos sobre Ana Hatherly, E. M. de Melo e Castro e Salette Tavares: p. 1562, p. 1625, p. 1422.

PREFÁCIOS E NOTAS DE ABERTURA:

(2014) “Abertura”, Peregrinações espirituais e turismo sacro, Atas do I Colóquio Internacional A Religião em Movimento (17 de Outubro de 2013), Atahca/Dep. De Filosofia do ILCH/UM, pp. 15-16.

(2012) “Nota de Apresentação”, Diacrítica / Série Ciências da Literatura (Dossier Autorrepresentação/Autobiografia/Autorretrato), n.º 26/3 (coord.), Centro de Estudos Humanísticos, Húmus.

(2011) “Nota de Apresentação”, Diacrítica / Série Ciências da Literatura (Dossier Literatura e Religião), n.º 25/3 (coord.), Centro de Estudos Humanísticos, Húmus, p. 5.

(2010) “Nota de Apresentação”, Diacrítica / Série Ciências da Literatura (Dossier Literatura Comparada), n.º 24/3 (coord.), Centro de Estudos Humanísticos, Húmus, pp. 5-6.

(2007) “Apresentação”, in Envolvimento e Clímax – Do entre das Artes (ed.), http://sexta-feira.dyndns.org/interartes/; (2011), 2.ª edição revista, RepositoriUM: http://hdl.handle.net/1822/13521

(1991) “In limine”, in Lilaz Carriço, No Labirinto da Vida, Porto, Porto Editora, pp. 3-6 .

(1990) “Palavras prefaciais”, in Lilaz Carriço, Miragem no Tempo, Porto, Porto Editora, pp. 3-6.



Orientação de Projetos de Pós-doutoramento

- Augusto Rodrigues da Silva Júnior, Universidade de Brasília, “Tanatografias na prosa luso-brasileira: estudo comparativo da temática da morte em Vieira, Machado e Saramago”, setembro 2014 a setembro 2015.

- António Vicente Seraphim Pietroforte, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (Brasil), “A semiótica da poesia visual – um estudo da Poesia Experimental na Literatura Portuguesa da segunda metade do Século XX (julho de 2013 a janeiro de 2014).

- Wellington Fiorucci, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (Brasil), “Diálogos ibéricos e ibero-americanos na pós-modernidade: o romance policial e a tradução intersemiótica” (agosto 2013 a agosto 2014).



Orientação de Teses de Doutoramento

CONCLUÍDAS:

- Sara Isabel Lima, O 'display' da morte na ficção de José Saramago, Ramo de Ciências da Literatura – Especialização em Literatura Portuguesa; projeto financiado por bolsa da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

- Diogo Martins, ‘The greener grass’: da autorrepresentação em Alanis Morissette, Ramo de Ciências da Literatura – Especialização em Teoria da Literatura; projeto financiado por bolsa da Fundação para a Ciência e Tecnologia (coorientação Margarida Pereira)

EM CURSO:

- Pedro Ribeiro Meneses, Um valoroso lugar incerto – A cartografia humana em «Uma viagem à Índia» de Gonçalo M. Tavares, Ramo de Ciências da Literatura – Especialização em Literatura Portuguesa; projeto financiado por bolsa da Fundação para a Ciência e Tecnologia (coorientação: Luís Mourão e Francesca Rayner).

- Daniel dos Santos Tavares, Do retrato poético: leituras interartísticas na poesia portuguesa contemporânea, Ramo de Ciências da Literatura – Especialização em Literatura Portuguesa; projeto financiado por bolsa da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

- Vanda Andreia Santos Figueiredo, O corpo moderno: representações na literatura portuguesa e outras artes, Ramo de Ciências da Literatura – Especialização em Literatura Comparada; projeto financiado por bolsa da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

- Sandra Isabel Cunha de Sousa, Retratos do herói: releituras da cultura clássica na ficção portuguesa contemporânea, Ramo de Ciências da Literatura – Especialização em Literatura Portuguesa; projeto financiado por bolsa da Fundação para a Ciência e Tecnologia (coorientação: Ana Lúcia Curado).



Orientação de Teses de Mestrado

CONCLUÍDAS:

- Flávia Moura, "O romance psicológico de Aleixo Ribeiro: O Fluxo da Consciência em ‘Bússola Doida’", dissertação de mestrado em Mediação Cultural e Literária (coorientação: José Manuel Curado).

- Cátia Sofia Sousa Vieira, "‘Square Tolstoi’ de Nuno Bragança: o erotismo e a morte", dissertação de mestrado em Teoria da Literatura e Literaturas Lusófonas.

- João Pedro Alves, "Religiosidade e racionalidade em Miguel Torga", dissertação de mestrado em Teoria da Literatura e Literaturas Lusófonas.

- Pedro Ribeiro Meneses, A natureza não reza – sobre a tetralogia ‘O Reino’ de Gonçalo M. Tavares, dissertação de mestrado em Mediação Cultural e Literária – Especialização Cinema e Literatura.

- Sandra Isabel Cunha de Sousa, Do Corpo e do Mal n’ O Reino de Gonçalo M. Tavares, dissertação de mestrado em Teoria da Literatura – Especialização em Poéticas Interartes.

- Nadejda Nagovitsina Machado, O movimento futurista russo e seu eco na literatura portuguesa, dissertação de mestrado em Teoria da Literatura e Literatura Portuguesa.

- Ana Cristina Mendes Ribeiro, Rostos que comunicam. A pintura na poesia de Vasco Graça Moura, dissertação de mestrado em Teoria da Literatura e Literatura Portuguesa.

- Telma Pinhel, José Sobral de Almada Negreiros: A plasticidade literária em “k4 – O Quadrado Azul”, dissertação de mestrado em Teoria da Literatura e Literatura Portuguesa.


Outros Dados

COORDENAÇÃO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICA:

- Coordenadora do Grupo de Investigação em Identidade(s) e Intermedialidade(s) - Grupo2i do CEHUM (2017- )

- Coordenadora da revista Diacrítica (Série Ciências da Literatura) do Centro de Estudos Humanísticos da U.M. a partir de 2009.

- Diretora do Mestrado em Teoria da Literatura (Áreas de Especialização em Literaturas Lusófonas; Poéticas Interartes; Literaturas Ibero-Americanas) do Departamento de Estudos Portugueses de 2007 a 2013 (a partir de 2012, este mestrado foi reformulado, convertendo-se no Mestrado em Teoria da Literatura e Literaturas Lusófonas).

-Membro da Comissão Diretiva do Doutoramento em Modernidades Comparadas: Literaturas, Artes e Culturas da UM.

OUTROS CARGOS E FUNÇÕES:

Membro da Comissão Diretiva do CEHUM, desde 26 abril de 2017.

Presidente do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho durante o triénio 20213-2016 (termo de mandato: 10/5/2016).

Presidente do Conselho do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho durante o triénio 20213-2016.

Presidente por inerência do Conselho Científico do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho durante o triénio 2013-2016.

Membro por inerência do Senado Académico da Universidade do Minho (Comissão de Planeamento, Comissão Científica, Plenário do Senado) durante o triénio 2013-2016.

Presidente do Centro de Estudos Galegos da Universidade do Minho durante o triénio 2013-2016.

Membro eleito do Conselho Científico do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho a partir de janeiro de 2013.

Membro eleito do Conselho do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho a partir de janeiro de 2013.

Membro eleito do Conselho Pedagógico da unidade orgânica Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho de novembro 2012 a abril 2013.

Diretora do Departamento de Estudos Portugueses e Lusófonos da unidade orgânica Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho no biénio 2010-2012.

Membro eleito do Conselho Pedagógico da unidade orgânica Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho de novembro de 2009 a novembro 2012.

Membro eleito do Conselho Científico da unidade orgânica Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho de novembro de 2009 a Novembro 2012.

Membro da Comissão Diretiva do CEHUM de 2009-2012.

Membro nomeado da Comissão de Pós-Graduação do Instituto de Letras e Ciências Humanas (em representação da Linha de Ação de Ciências da Literatura do Departamento de Estudos Portugueses e Lusófonos) a partir de novembro de 2008.

Representante do Departamento de Estudos Portugueses na Comissão de Curso da Licenciatura em Estudos Portugueses do I.L.C.H. em 2005/2006.

Diretora do Departamento de Estudos Portugueses do Instituto de Letras e Ciências Humanas durante o biénio 2000/2002.

Membro, por inerência, do Conselho Científico da unidade orgânica Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho desde fevereiro de 1998 a Novembro de 2009.

Representante dos Assistentes Estagiários da Unidade Científico-Pedagógica de Letras e Artes da Universidade do Minho no ano letivo de 1984/85.



CONFERÊNCIAS E COMUNICAÇÕES:

“Os Novos Retratos: projetos identitários e cartografias da representação no século XXI”, Universidade de Zaragoza, 23-24 NOV 2017 (por convite).

“Mário Dionísio segundo Mário Dionísio (atropelamento e fuga)”, Congresso Internacional Mário Dionísio, FLUL, 27-29 OUT 2016 (por convite).

“Aproximação à matéria. Maria Andresen: dos poemas, das pinturas”, Colóquio Internacional Ofício Múltiplo. Poetas em Outras Artes, FLUP/Palacete Viscondes de Balsemão, 22-24 OUT 2015 (por convite).

“O retrato em Júlio Pomar”, Projeto Sinestesia, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 18 NOV 2014 (por convite).

“O Autorretrato em Literatura”, Encontros Estúdio UM: temas e objetos do desenho, #8: Auto-Representação, Escola de Arquitetura da UM, 28 FEV 2014 (por convite).

“Retrato do Poeta como Artista”, Homenagem a Vasco Graça Moura, Fundação Calouste Gulbenkian, 31 janeiro 2014 (por convite).

“Antologiar o Experimentalismo (um caso)”, Colóquio Poesia Experimental – Materialidades e representações digitais, Universidade Fernando Pessoa, Porto, 14 fevereiro 2013 (por convite).

“Sob o visível: empernamentos e linhas de fuga na poesia de vgm”, Colóquio 50 anos de Vida Literária de Vasco Graça Moura, Porto, Universidade Fernando Pessoa, 31 de Maio de 2012 (por convite).

“O corpo moderno: representações”, 3.º Colóquio da Primavera – Modernidades Comparadas: Estudos Literários/Estudos Culturais Revisitados (organização: Universidade do Minho, Universidade de Coimbra, Universidade de Santiago de Compostela), Universidade do Minho, 10 e 11 de Maio de 2012.

“Fragmento e ruína: retratos modernos”, Colóquio Internacional 1912-2012: a Time to Reason and Compare, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 1 a 3 de março de 2012 (por convite).

Participação na mesa-redonda sobre Poesia Experimental Portuguesa (por convite), organizada pelo Conselho Cultural da UM com a colaboração da Fundação de Serralves, Universidade do Minho, 6 fevereiro 2012.

Visita guiada à Exposição sobre Poesia Experimental Portuguesa (por convite), organizada pelo Conselho Cultural da UM com a colaboração da Fundação de Serralves, Universidade do Minho, 6 fevereiro 2012.

“Os estudos retratísticos em Portugal (artes plásticas e literatura)”, Colóquio Património Literário e Artístico (org. Greenlines Institute), Palacete Balsemão, Porto, 4 de fevereiro de 2012 (por convite).

“Do Retrato como possibilidade”, XIII Colóquio de Outono – Estética, Cultura Material e Diálogos Intersemióticos, Universidade do Minho, 17, 18 e 19 de novembro de 2011.

“O corpo em cruz: coreografias da carne”, Colóquio Internacional de Estudos Literários – Pensar a Literatura no Séc. XXI, 30 de setembro e 1 de outubro de 2010, Faculdade de Filosofia de Braga da Universidade Católica Portuguesa/Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos (por convite).

“‘Floating worlds’: Avenue Patrice Lumumba de Guy Tillim”, I Colóquio da Primavera, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, de 6 a 8 de maio de 2010.

“Christopher Wool: efeito e drible”, XI Colóquio de Outono, na Universidade do Minho, de 10 a 12 de dezembro de 2009.

“Variações familiares: ainda a propósito de Velásquez”, Colóquio O Trabalho da Teoria, na Universidade dos Açores, de 15 a 18 de novembro de 2007 (por convite).

“Uma certa forma de expressão: a leitura crociana de Fidelino de Figueiredo e de José Régio”, I Congresso Internacional sobre O Pensamento Luso-Galaico-Brasileiro entre 1850 e 2000, na Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional do Porto, de 9 a 12 de outubro de 2007 (por convite).

“Régio e a nostalgia da Linguagem”, Colóquio sobre José Régio e Vitorino Nemésio, em 15 de maio de 2001, na Universidade Católica Portuguesa – Faculdade de Filosofia, Braga (por convite).

“A projectividade representativa no discurso neo-realista”, XIII Encontro de Professores Universitários Brasileiros de Literatura Portuguesa, Universidade Federal do Rio de Janeiro (Brasil), 1990.

“Concretismo: experiência(s) de ‘intercodificação’”, Simpósio Internacional de Literatura Comparada e I Congresso Nacional da A.P.L.C., Lisboa e Évora, 1989.

“Uma Simbólica da Decadência – Análise semiótica do conto ‘O Tesouro’ de Eça de Queiroz”, I Colóquio Luso-Espanhol de Semiótica e II Colóquio Luso-Brasileiro de Semiótica, Porto, 1985.

“O Percurso da Disforia – Breve ensaio semiótico sobre História da Gata Borralheira de Sophia de Mello Breyner Andresen”, II Congresso Brasileiro de Semiótica, Universidade de São Paulo (Brasil), 1985.

“Figuração e/ou conotação: marcas de pluridimensionalidade textual”, Colóquio Teoria do Texto, Universidade de Évora, 1985.

“José Régio: Presença da Poesia”, I Congresso Nacional José Régio, Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto, Vila do Conde, 1984.