Isabel Cristina de Brito Pinto Mateus

Edit

Contactos

Departamento de Estudos Portugueses
Instituto de Letras e Ciências Humanas
Universidade do Minho
Campus de Gualtar
4710-057 Braga


E-mail: Erro: Browser não suporta Javascript

Página Web: http://www2.ilch.uminho.pt/dep/IMateus/i...


Categoria Profissional

Professora Auxiliar


Actividade Profissional

Docente de cursos de 1º, 2º e 3º ciclo
Investigadora do CEHUM
Directora-Adjunta do Departamento de Estudos Portugueses e Lusófonos
Membro eleito do Conselho Científico do Instituto de Letras e Ciências Humanas, UM
Membro eleito do Conselho Pedagógico doo Instituto de Letras e Ciências Humanas, UM


Qualificações Académicas

Doutoramento em Ciências da Literatura/Ramo Literatura Portuguesa, 2006, Universidade do Minho. Classificação: Aprovada por Unanimidade
Provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica, 1989, Universidade do Minho, Muito Bom por Unanimidade
Licenciatura em Línguas e Literaturas/variante Português- Francês, 1984, Universidade de Coimbra.


Áreas de Investigação de Interesse

Literatura Portuguesa dos Séculos XIX-XXI; Literatura Moderna e Contemporânea; Estudos Interartes; Grotesco; Literatura Comparada; Estudos Saramaguianos; Estudos Llansolianos, Estudos Brasileiros.


Projectos de Investigação

Projecto LIHAM (Limiar Homem-Animal- Máquina), Cehum, Universidade do Minho

Projecto GRES (Grupo de Estudos Brasileiros), Cehum, Universidade do Minho




Publicações

. "Cenografias deformantes e performance dramática em Fialho de Almeida e Valle-Inclán" (em co-autoria com Xaquín Núñez Sabarís). In: Modernidades Comparadas: Estudos Literários/Estudos Culturais Revisitados,org. Eunice Ribeiro, CEHUM, nº 28, 2013, pp.33-52. Universidade de Coimbra, Universidade do Minho e Universidade de Santiago de Compostela.

"Um terraço que seja seu: notas sobre O Retorno de Dulce Maria Cardoso". In: Colóquio /Letras (Notas & Comentários), nº 182, pp. 200-209.

. (2012), "Brincos de cerejas e pitangas: retornados e representação do Outro em O Retorno de Dulce Maria Cardoso. Congresso Internacional Portugal-Brasil-África (org. Universidade da Beira Interior e Universidade do Porto). Em publicação.

.(2012), " Os Livros de Horas de Llansol: oratório, laboratório, escriturofania(s)". In: Llansol: a luminosa vida dos objectos (org. de João Barrento e Maria Etelvina Santos), Lisboa, Mariposa Azual, pp. 57-75.

• (2011) “O “Génio Obscuro” de Fialho de Almeida: cem anos de presença na literatura portuguesa”. In: Fialho de Almeida: Cem Anos Depois (org. de António Cândido Franco), CEL (Universidade de Évora), Editora Licorne, pp. 113-127.

. (2011) “Fialho de Almeida ou o limiar do futuro: modernidade, modernismo(s) e despolarização do real”. Congresso Internacional Portugal no tempo de Fialho de Almeida (1857-1911)”, org. do CLEPUL, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 21-25 de Novembro (em publicação).

• (2011), “Sob o signo de Goya: diálogos ibéricos em torno do Modernismo”, Diálogos Ibéricos sobre a Modernidade (org. de Xaquín Nuñez Sabarís), col. Húmus, CEHUM: Universidade do Minho, pp.79-129.

. (2011) “Manuel da Fonseca, leitor de Fialho de Almeida: metamorfoses do grotesco em Seara de Vento”, revista Nova Síntese (textos e contextos do neo-realismo), nº 6, pp. 145-158. Comunicações do Congresso Internacional “Manuel da Fonseca: por todas as estradas do mundo”, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa/Museu do Neo-Realismo, 7-9 de Outubro.

• (2010) “Uma Data em Cada Mão” [Maria Gabriela Llansol: Livro de Horas ou a arte de meditar”], (Notas &Comentários) Colóquio/ Letras, nº 175, pp.135-144.

• (2009), José Mário Silva, “Luz Indecisa” (recensão crítica), Colóquio/Letras, nº 172.

• (2009) -“O colar de Xerazade: sedução e grotesco na poética de David Mourão-Ferreira”. In: Relâmpago (David Mourão-Ferreira), nº 24, pp. 61-75.

. • (2009) “Cultura Portuguesa e Expressionismo” de Eduardo Lourenço: uma (re)visão”, comunicação apresentada no VI Congresso InterNacional da Associação de Literatura Comparada/X Colóquio de Outono Comemorativo das Vanguardas, 6-8 de Novembro 2008, CEHUM (Centro de Estudos Humanísticos), Universidade do Minho: http://ceh.ilch.uminho.pt/pub_isabel_mateus.pdf.

.• (2009) “A Casa Grande de Romarigães”: História e (re)escrita da história (uma leitura pós-moderna)”, Aquilino Ribeiro: Voltar a Ler 3 (org. de António Manuel Ferreira e Paulo Neto); (Colóquio Aquilino Ribeiro, org. da Universidade de Aveiro/Departamento de Línguas e Culturas e Câmara Municipal de Sernancelhe, 19 e 20 de Setembro de 2009), Universidade de Aveiro, pp. 43-72.
Texto publicado em simultâneo na revista Aquilino (revista literária da Câmara Municipal de Sernancelhe), nº 2 (2010), pp. 90-112.

• (2008), “Kodakização” e Despolarização do Real: para uma poética do grotesco na obra de Fialho de Almeida, Lisboa: Editorial Caminho. [Prémio de Ensaio Óscar Lopes (2007); Prémio de Ensaio PEN Clube 2008].

• (2008) “Silva Pinto e o Realismo em Portugal: teoria e prática”. In: GAMA, Manuel (ed.), A Geração de 70: Alberto Sampaio e os “Outros”, Actas do Colóquio (18 de Abril de 2008), Centro de Estudos Lusíadas, Universidade do Minho, pp.63-77.

.“Fialho de Almeida nasceu há 150 anos”, Jornal Público, 7 de Maio de 2007, ano XVIII, nº 6247.

•(2007) “Fialho de Almeida, modelo literário de Miguel Torga”. In: A minha verdadeira imagem está nos livros que escrevi, Actas do II Congresso Internacional sobre Miguel Torga -3-5 de Maio, Coimbra (coordenação de Isabel Ponce de Leão), Vol. I, Edições Universidade Fernando Pessoa, Vol. I, pp.249-261.

.“Fialho de Almeida, Vicente Guedes, Bernardo Soares & C.ª: notas soltas para um livro do desassossego”. In: (2006), Diacrítica (série Ciências da Literatura), vol.s 20-23, Cehum, Universidade do Minho.

"Fialho de Almeida e a modernidade: as cavernas do medo e os monstros da escuridão". In: SOUSA, Carlos e PATRÍCIO, Rita (ed.) (2004) Largo Mundo Alumiado: Estudos em homenagem a Vítor Aguiar e Silva, Braga: Centro de Estudos Humanísticos/Universidade do Minho.

"Uma Secreta Ironia: A Construção de "A Casa Grande de Romarigães". In: Cadernos Aquilinianos, nº 3, 1995, Centro de Estudos Aquilino Ribeiro.

"A tentação de S. Macário: da Alegoria ao Símbolo". In: Arquivos do Centro Cultural Calouste Gulbenkian (Actas do Colóquio Internacional Comemorativo do Centenário da Publicação dos Oaristos de Eugénio de Castro, organizado pelas Universidades de Mons e Liège- Bélgica, em Novembro de 1990), Vol. XXXVIII, Lisboa-Paris: Fundação Calouste Gulbenkian, 1999.

"O Roxo e o Verde: Real e Ficção em "Maria Moisés " (co-autoria com Américo Lindeza Diogo). In: Diacrítica, Revista do Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho, nº 8, 1993 (Comunicação apresentada nas Comemorações Camilianas, organizadas pela Universidade de Coimbra em Junho de 1991).

"Maria Benigna": Romance epistolar e ausência amorosa". In: Diacrítica, Revista do Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho, nº 2, 1987.


Orientação de Teses de Mestrado

“Figurações da viagem na obra de Sophia de Mello Breyner Andresen destinada a crianças e jovens: para uma leitura dos contos O Cavaleiro da Dinamarca e Saga”, de Olívia Maria Barbosa Guimarães Marques (dissertação de Mestrado em Teoria da Literatura, área de especialização em Literaturas Lusófonas; orientação de Isabel Cristina Mateus e co-orientação de Sara Reis da Silva, Instituto da Educação, Universidade do Minho). Defendida em 19-12-2011.


Outros Dados

Prémios
29.11.07- Prémio Ensaio Óscar Lopes atribuído pela editorial Caminho ao ensaio “Kodakização e despolarização do real: para uma poética do grotesco na obra de Fialho de Almeida”
15.10. 09- Prémio de Ensaio PEN Clube 2008 "Kodakização" e Despolarização do Real: para uma Poética do Grotesco na Obra de Fialho de Almeida", Lisboa: Caminho/LEYA, 2008.