Luís Alberto Seixas Mourão

Edit

Contactos



E-mail: Erro: Browser não suporta Javascript


Categoria Profissional

Investigador Externo


Actividade Profissional

Professor Coordenador do Instituto Politécnico de Viana do Castelo


Qualificações Académicas

Agregação em Estudos Portugueses do século XX pela Universidade Nova de Lisboa


Publicações

Livros

• Mourão, Luís. 2003. Sei que já não, e todavia ainda. ensaioliteratura.pt, Coimbra: Angelus Novus.

• Mourão, Luís. 2001. Vergílio Ferreira: excesso, escassez, resto, Braga-Coimbra: Angelus Novus.

• Mourão, Luís. 1996. Um romance de impoder. A paragem da história na ficção portuguesa contemporânea, Braga-Coimbra: Angelus Novus.

• Mourão, Luís. 1990. Conta-Corrente 6: ensaio sobre o diário de Vergílio Ferreira, Sintra: Câmara Municipal de Sintra.

Capítulos de livros (2008-2012)

• Mourão, Luís. 2012. “Memória e Recomeço”. In Oliveira, Marcelo G. e Petrov, Petar (Org). As Vozes da Balada. 30º Aniversário de Balada da Praia dos Cães, de José Cardoso Pires. Lisboa: CLEPUL. pp. 163-166.

• Mourão, Luís. 2012. “Vergílio Ferreira segundo Sartre”. In Ribeiro, Eunice (Org). Modernidades comparadas. Estudos Literários / Estudos Culturais Revisitados. Braga: Húmus. pp. 53-66.

• Mourão, Luís. 2011. “O fim in medias res”. In Silvestre, Osvaldo (Org). Depois do fim. Nos 33 anos de Finisterra, de Carlos de Oliveira. Coimbra: Centro de Literatura Portuguesa. pp. 25-44.

• Mourão, Luís. 2011. “Algumas imagens de Portugal na ficção do pós 25 de Abril” in Rocha, Clara; Buescu, Helena; Goulart, Rosa (Org.). Literatura e Cidadania no Século XX, Lisboa: INCM. Pp. 419-438.

• Mourão, Luís. 2011. “Memória e interpretação: começando a ler Caderno de memórias coloniais”. In Petrov, Petar; Oliveira, Marcelo G. (Org). A Primazia do texto. Lisboa: Esfera do Caos. pp 141-148.

• Mourão, Luís. 2011. “valter hugo mãe: a lei menor dos temas maiores” In Silva, João; Martins, José; Gonçalves, Miguel (Orgs.) Pensar a Literatura no século XXI, Braga: UCP. pp. 479-485.

• Mourão, L. 2011. “Radiografia da paisagem e do desejo: José Luís Peixoto e Gonçalo M. Tavares”. In Lourenço, A. e Silvestre, O. (Org.). Literatura, Espaço, Cartografias. Coimbra: CLP. pp. 467-484.

• Mourão, Luís. 2010. “Vergílio anacoluto: o trágico em Nítido Nulo”, in Anacleto, Marta Teixeira e Oliveira, Fernando Matos (Org.), O Trágico, Coimbra: Centro de Literatura Portuguesa, pp. 75-90.

• Mourão, Luís. 2009. "Miguel Torga: a morte, não o espaço nem a eternidade” in Sousa, Carlos Mendes de [org] Dar mundo ao coração. Estudos sobre Miguel Torga, Lisboa: Texto Editores, pp. 159-168.

• Mourão, Luís. 2009. "La mort, pás l’espace ni l’éternité” in Sousa, Carlos Mendes de [org] Miguel Torga, écrivain universel, Paris: La Différence, pp. 149-159.

• Mourão, Luís. 2008. "Pedro Rosa Mendes: coisas simples” in Morão, Paula e Carmo, Carina Infante do [org] Escrever a vida: verdade e ficção, Porto: Campo das Letras, pp. 351-361.

• Mourão, Luís. 2008. “Vergílio segundo Malraux” in Pimentel, Miguel C. e Sousa, José A. de [org] Vergílio Ferreira no cinquentenário de Manhã Submersa, Lisboa: Universidade Católica Editora. p. 355-360.

Artigos (2008-2012)

• Mourão, Luís. 2011. “O romance-reflexão segundo Gonçalo M. Tavares”, Diacrítica, 25-3, Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho, pp. 45-62.

• Mourão, Luís. 2009. “Expectativas e decepção, ou na casa do Senhor Walser”, Cadernos de Literatura Comparada, nº 20, Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa, Porto: Afrontamento, pp. 25-43.

• Mourão, Luís. 2009. “«E o tempo não passa»: as cartas da guerra de António Lobo Antunes”, Diacrítica, 23-3, Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho, 2009, pp. 259-274.

• Mourão, Luís. 2009. “David Mourão-Ferreira, um poeta é um poeta mesmo com um romance”, Relâmpago, nº 24, Fundação Miguel Nava, pp. 85-94.

• Mourão, Luís. 2009. “De fora para dentro e outra vez para fora: operações paratextuais no bairro de Gonçalo M. Tavares”, Românica nº 18, Faculdade de Letras de Lisboa, pp. 109-126.

• Mourão, Luís. 2009. “A coisa seguinte, o chegar da infância e o fim definitivo de todos os tribunais: Eduardo Prado Coelho em diário”, Colóquio Letras nº 172, Fundação Calouste Gulbenkian, pp. 128-136.

• Mourão, Luís. 2008. "Os Mestres na proliferação dos seus nomes. Eduardo Prado Coelho e a crítica literária", Prelo nº 9 , INCM, Setembro-Dezembro 2008, pp. 15-28.

• Mourão, Luís. 2008. “Llansol: aprender o silêncio no jardim que a ausência permite”. O escritor, nº 23, Associação Portuguesa de Escritores, pp. 293-295.