Maria Aldina de Bessa Ferreira Rodrigues Marques

Edit

Contactos

Instituto de Letras e Ciências Humanas
Universidade do Minho
Campus de Gualtar
4710-057 Braga


E-mail: Erro: Browser não suporta Javascript


Grupo de Investigação

PRADIC


Categoria Profissional

Professora Auxiliar


Atividade Profissional

Professora no Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho


Qualificações Académicas

– Doutoramento em Ciências da Linguagem, ramo de Linguística Portuguesa, pela Universidade do Minho, em 27 de julho de 2000, com a tese intitulada Aspectos do Funcionamento do Discurso Político Parlamentar – a organização enunciativa no Debate da Interpelação ao Governo, classificação final de Aprovada, por unanimidade. Orientador: Professor Doutor Joaquim Fonseca, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

– Mestrado em Ciências da Educação, especialidade em Ensino da Língua Portuguesa, pela Universidade do Minho, em 23 de maio de 1990, com a tese intitulada Os conectivos internos – contributo para a análise do seu funcionamento no texto escrito, classificação de Muito Bom, por unanimidade. Orientador: Professor Doutor Amadeu Torres, Universidade do Minho/Universidade Católica (polo de Braga).

- Licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas (variante de Português-Francês), com classificação final de Bom com Distinção (16 valores), pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, em 23 de julho de 1980.


Áreas de Investigação de Interesse

- Análise Linguística dos Discursos
- Pragmática Linguística
- Argumentação nos discursos
- Oralidade


Projetos de Investigação

Coordenação e participação em projetos científicos

Participação como coordenadora:

Em curso

1. Projeto: O Discurso do Presidente. Cem anos de discursos presidenciais em Portugal
Coordenadora: Maria Aldina Marques
Universidades participantes no projeto: Universidade do Minho, Universidade do Porto.
Projeto submetido a financiamento em maio de 2017 (FCT – 2017/Horizonte 2020).

Terminados

2. Projeto: Pontes interuniversitárias
Coordenadores: Xosé Manuel Sánchez Rei, Universidade da Corunha, e Maria Aldina Marques, da Universidade do Minho
Universidades participantes no projeto: Universidade do Minho; Universidade da Corunha
- Projeto financiado pela Universidade da Corunha e pela Universidade do Minho.

3. Projeto Le discours politique au Portugal (revista Mots. Les langages du politique 101)
Coordenação : Paul Bacot, Maria Aldina Marques e Michèle Monte
Período de Execução : 2010 – 2013.

4. 30 anos de ensino/investigação em Ciências da Linguagem na Universidade do Minho
Coordenadora: Maria Aldina Marques
Membros da equipa:
Erwin Koller; José Teixeira, Aida Sampaio Lemos
Período de Execução: 2005
Projeto financiado pelo CEHUM.

Participação como investigadora

Em curso

5. Memória cultural, narrativas mediáticas e lusofonias: olhares cruzados entre os países de língua oficial portuguesa
Coordenação: Moisés de Lemos Martins
Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS) da Universidade do Minho.
Colaboradores: Vítor Sousa, Rosa Cabecinhas, Lurdes Macedo, Rita Ribeiro, Emília Araújo, Isabel dos Guimarães Sá, Helena Sousa, Madalena Oliveira, Pedro Andrade, Luís Cunha, Fábio Ribeiro, Isabel Macedo, Manuel Gama, Maria do Carmo Piçarra, Luís Santos, Gisela Alves, Ivo Domingues, Carlos Veiga, Sandra Marinho, Ana Melo, Valéria Marcondes, Laura Vidal, Micaela Ramon, Aldina Marques, Sérgio de Sousa.
Projeto submetido a financiamento (Fundação C. Gulbenkian)
Período de Execução: 2017/2018

6. Projeto internacional Identidade, totalitarismo e média na II Guerra Mundial .
Coordenação: grupo de investigadoras hispanistas da Universidade de
Palermo - Floriana Di Gesù, Assunta Polizzi, Carla Prestigiacomo e Chiara Sinatra.
Colaboradores: Universidades de Sevilla, Bonn, Lleida, Lodz, Casablanca, Breslava.
Portugal: Universidade do Porto /CLUP. Investigadoras Isabel Margarida Duarte, CLUP (coordenadora); Maria Alexandra Pinto, CLUP (até janeiro de 2017);
Universidade do Minho: Maria Aldina Marques, CEHUM/CLUP, (coordenadora); Sergio G. Sousa (desde janeiro de 2017), CEHUM.
- Sem financiamento

7. Projeto internacional Proyecto Es.Por.Atenuación,
Coordenação: A. Briz, da Universidade de Valência,
Colaboradores: universidades das seguintes regiões: Espanha (Valência, Granada, Las Palmas, Valladolid); México (Monterrey); Argentina (Buenos Aires, Tucumán); Chile (Santiago); Uruguai (Montevidéu); Costa Rica (San José); Porto Rico (San Juan); Cuba (Havana); Colômbia (Barranquilla, Medellín); Brasil (São Paulo, Recife); Portugal (Porto, Coimbra, Lisboa, Braga); Venezuela (Mérida).
Coordenação portuguesa: Isabel Margarida Duarte, Universidade do Porto.
Início: 2012.
- Sem financiamento

Terminados

8. Projeto internacional Estudos sobre os discursos dos media na Universidade de São Paulo e na Universidade do Porto: implicações teóricas e práticas.
Programa USP/UP. Programa de cooperação Universidade de São Paulo / Universidade do Porto, edital de 2013
Parceiro(s): Universidade do Porto; Universidade de São Paulo. (terminado em novembro de 2015).
Referência do projeto:
Código: 66049 Referência: 63IT41G0
Projeto financiado pela CAPES.

9. Projeto Perfil sociolinguístico do Falar Bracarense
Coordenação: Pilar Barbosa (UM)
Período de Execução: 2011-2014
- Membro da equipa a partir de abril de 2013
Projeto financiado pela FCT.
Referência do projeto: FCT PTDC/CLE-LIN/112939/2009 (terminado em 2014).

10. Projeto internacional Observatório da Educação: Linguagens, códigos e tecnologias: práticas de ensino de leitura e de escrita na educação básica – ensino fundamental e médio
Coordenadora: Maria Regina Momesso, Universidade de Franca, Brasil.
Período de Execução: 2010 - 2014
Projeto financiado
Projeto Observatório da Educação nº 70 (CAPES/INEP/OBEDUC)

11. Parliamentary Book Project.
Coordenação: Cornelia Ilie (Professor of English Linguistics; Örebro University & Södertörn University College - Dept of Swedish, Rhetoric & Journalism ME 229 SE-141 89 Huddinge, Sweden)
Concluído em 2010.

12. Pedagogical Implications of Podcasts in Blended-Learning,
Coordenação: Ana Amélia Amorim Carvalho, Profª Auxiliar, Depto de Currículo e Tecnologia Educativa, Instituto de Educação e Psicologia, Universidade do Minho.
Concluído em 2009.
Projeto financiado pela FCT.
Referência do projeto: PTDC/CED/70751/2006.

13. Corpus Linguistics and Gender: A Multilingual Analysis of an Electronic Corpus
Coordenação: Eva-Maria Thüne, Simona Leonardi & Carla Bazzanella;
Concluído em 2006.


Publicações

Livros publicados/organizados ou edições

1. Sánchez Rei, X. M. & Marques, M. A. (Orgs) (2016). As Ciências da Linguagem no espaço galego-português – diversidade e convergência. Braga: Universidade do Minho/CEHUM/Húmus.

2. Marques, M. A & Sánchez Rei, X. M. (Orgs) (2015). Novas perspetivas linguísticas no espaço galego-português (monografia). Corunha: Universidade da Corunha.

3. Marques, M. A., Ramos, R., Teixeira, J., Pereira, M. E., & Ermida, I. (Orgs) (2006). Processos Discursivos de Modalização. Actas do III Encontro Internacional de Análise Linguística do Discurso. Braga: Universidade do Minho/CEHUM.

4. Marques, M. A., Koller, E., Teixeira, J. & Lemos, A. (Eds) (2005). Ciências da Linguagem: 30 anos de investigação e ensino. Braga: Universidade do Minho/CEHUM.

5. Marques, M. A., Pereira, M. E., Ramos, R. & Ermida, I. (Orgs) (2004). Práticas de Investigação em Análise Linguística do Discurso. Actas do II Encontro Internacional de Análise Linguística do Discurso. Braga: Universidade do Minho/CEHUM.

6. Head, B., Marques, M. A. & Lemos, A. (Orgs) (2001). José de Azevedo Ferreira. Estudos de história da língua portuguesa: Obra dispersa, Livro de Homenagem. Braga: Universidade do Minho/CEHUM.

7. Marques, M. A. (2000). Funcionamento do Discurso Político Parlamentar – a organização enunciativa no Debate da Interpelação ao Governo. Braga: Universidade do Minho/CEHUM.


Capítulos de livros publicados

1.Marques, M. A. 2017. Approximation, force argumentative et deixis personnelle dans les discours politiques de commémoration. In M. H. Carreira & A. Teletin (Ed.), Travaux et documents 62 (La déixis et son expression dans les langues romanes) (pp.67-80). Paris: Université Paris 8.

2. Marques, M. A. (2016). Todos os rios vão dar a março. O movimento dos indignados e a construção de um ethos coletivo. In Z. Aquino & P. R. Gonçalves-Segundo (Eds), Estudos do discurso: caminhos e tendências (pp.7-24). S. Paulo: Ed. Paulistana.

3. Marques, M. A. (2015). O Discurso Relatado em Discurso Direto em interações orais coloquiais. In M. A. Marques & X. M. Sánchez Rei (Orgs), Novas perspectivas linguísticas no espaço galego-português (monografia) (pp.89-109). Corunha: Universidade da Corunha.

4. Marques, M. A. (2015). «Tipo». Référentiation et modalisation dans des interactions verbales orales. In M. H. Carreira (Ed.), Travaux et documents 60 (Faits de langue et de discours pour l’expression des modalités dans les langues romanes) (pp.249-260). Paris: Université Paris 8.

5. Marques, M. A. (2014). Como é que uma voz tão crítica dos políticos resolve ir parar à política?. Ler os políticos na mediatização jornalística. In M. R. Momesso, F. Assolini, L. Curcino, F. Burlamaque & G. Palma (Orgs), Das Práticas do Ler e Escrever: ao universo das linguagens, códigos e tecnologias (pp.171-189). Porto Alegre: Cirkula.

6. Marques, M. A. (2014). Cortesia, formas de tratamento e géneros discursivos - condições de ocorrência e de uso. In I. Seara (Org.), Cortesia: Olhares e reinvenções (pp.145-172). Lisboa: Chiado Editora.


7. Marques, M. A. (2013). Imagens (entre)vistas. A construção de identidades na entrevista política televisiva. In A. Silva, J. Martins, L. Magalhães, & M. Gonçalves (Orgs), Comunicação Política e Económica. Dimensões cognitivas e discursivas (pp.249-260). Braga: UCP/Publicações da Faculdade de Filosofia.

8. Marques, M. A. (2012). Emotions and Argumentation in the Portuguese Parliament. In L. Ionescu-Ruxandoiu (Ed.) in collaboration with M. Roibu and M.-V. Constantinescu, Parliamentary Discourses across Cultures: Interdisciplinary Approaches (pp.117-132). Cambridge: Cambridge Scholars Publishing.

9. Marques, M. A. (2012). Discours de la vie quotidienne – des cris de marchands aux slogans. In M. H. Carreira (Ed.), Travaux et Documents XXI (Les Rapports entre l’oral et l’écrit dans les langues romanes) (pp. 203-223). Paris: Université Paris 8.

10. Marques, M. A. (2011). Argumentação e(m) Discursos. In I. M. Duarte & O. Figueiredo (Orgs), Português, Língua e Ensino (pp.287-310). Porto: Universidade do Porto.

11. Marques, M. A. (2011). Expressions idiomatiques et valeurs argumentatives dans le discours parlementaire portugais. In M. H. Carreira (Ed.), Travaux et Documents XX (L’idiomaticité dans les langues romanes) (pp. 263-272). Paris: Université Paris 8.

12. Marques, M. A. (2010). The public and private sphere in parliamentary debate: the construction of the addresser in the Portuguese Parliament. In C. Ilie (Ed.), European Parliaments under Scrutiny: Discourse Strategies and Interaction Practices. (pp.79-107). Amsterdam: John Benjamins Publishing Company.

13. Marques, M. A. (2010). O Podcast no Ensino Superior – uma estratégia de complementação lectiva. In A. A. Carvalho & C. Aguiar (Eds), Podcasts para Ensinar e Aprender em Contexto (pp.250-264). Santo Tirso: De Facto.

14. Marques, M. A. (2009). Quando a cortesia é agressiva. Expressão de cortesia e imagem do Outro. In F. Oliveira & I. M. Duarte (Org), O fascínio da linguagem (pp. 277-296). Porto: Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

15. Marques, M. A. (2006). Novas perspectivas nas Ciências da Linguagem: a análise linguística do discurso. In F. Azevedo (Org), Língua Materna e Literatura Infantil (pp.161-192). Lisboa: Lidel.

16. Marques, M. A. (2006). The perspective on gender in the Portuguese Word Thesaurus. In E. Thüne, C. Bazzanella & S. Leonardi (Eds), Gender, Language and New Literacy: a multilingual analysis (pp.139-152). London: Continuum Inter Pub.

17. Marques, M. A. (2005). Os apartes no discurso político parlamentar: vozes ‘off’. In M. A. Marques, E. Koller, J. Teixeira & A. Lemos (Eds), Ciências da Linguagem: 30 anos de investigação e ensino (pp.193-216). Braga: Universidade do Minho/ ILCH/CEHUM.

18. Marques, M. A. (2004). Outras Vozes. Outros Discursos. In F. Oliveira & I. M. Duarte (Eds), Da Língua e Do Discurso (pp.431-450). Porto: Campo da Linguística.

19. Marques, M. A. (2004). Procédés discursifs d’intensification en portugais – prétérition et relation interactionnelle. In M. H. Carreira (Ed.), Travaux et Documents 24. (Plus ou moins !? L’atténuation et l’intensification dans les langues romanes) (pp.205-224). Paris: Université Paris 8.

Capítulos de livros publicados (em colaboração)

20. Duarte, I. M., Marques, M. A. & Pinto, M. A. (2016). La seconda guerra mondiale e la costruzione dell’identità portoghese nelle riviste dell’Estado Novo. In C. Prestigiacomo (Org), Identità, totalitarismi e stampa. Ricodifica linguistico-culturale dei media di regime (pp.83-100). Palermo: UniPa Press (Palermo University Press).

21. Marques, M. A. & Duarte, I. M. (2016). Dêixis e valores enunciativo-pragmáticos dos predicados verbais no discurso académico. In X. M. Sánchez Rei & M. A. Marques (Orgs), As Ciências da Linguagem no espaço galego-português – diversidade e convergência (pp.179-208). Braga: Universidade do Minho /CEHUM/Húmus.

22. Ramos, R., Marques, M. A. & Duarte, I. M. (2015). Hiperestrutura em textos mediáticos de divulgação científica para crianças. In M. A. Marques & X. M. Sánchez Rei (Orgs), Novas perspectivas linguísticas no espaço galego-português (monografia) (pp.133-149). Corunha: Universidade da Corunha.

23. Pinto, R. & Marques, M. A. (2014). L´Affaire DSK: argumentation et émotion dans les journaux portugais et brésiliens. In A. Rabatel, M. Monte & M. G. Rodrigues (Eds), Comment les médias parlent des émotions. L’affaire Nafissatou Diallo contre Dominique Strauss-Khan (pp.271-290). Limoges: Lambert-Lucas.

24. Marques, M. A. & Ribeiro, A. (2011). ‘Dire’ ou ‘bruire’: les introducteurs de discours rapporté dans Aventuras de João Sem Medo. In A. Jaubert, J. M. López Muñoz, S. Marnette, L. Rosier & C. Stolz, (Orgs), Citations I. Citer à travers les formes intersémiotiques de la citation (coll. Au cœur des textes) (pp.79-94). Louvain-la Neuve: Academia-L'Harmattan.

25. Marques, M. A. & Lemos, A. (2007). O “Tratado das meditações e pensamentos de San Bernardo”: dimensões da construção discursiva. In C. Murakawa & F. Gonçalves (Org.), Novas contribuições para o estudo da história e da historiografia da língua portuguesa (pp.75-100). S. Paulo: Cultura Académica Ed.


Artigos em revistas com arbitragem científica

1. Marques, M. A. (2017). Debate eleitoral português: presidencialização e estratégias de atenuação linguística em situação de confronto político. Linha d’Água, v. 30, nº1, 9-33. DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v30i1p%25p

2. Marques, M. A. (2016). Discours présidentiels au Portugal. Un regard pluridisciplinaire. Mots. Les langages du politique, 112 (Discours présidentiels et de présidentielles), 125- 132. http://mots.revues.org/22534.

3. Marques, M. A. (2015). Argumentar em tempos de crise no Parlamento português. Revista Portuguesa de Humanidades | Estudos Linguísticos, 19-1, 99-120.

4. Marques, M. A. (2015). Para uma análise linguística dos discursos. A heterogeneidade enunciativa como princípio ordenador da investigação. Revista de Filoloxía Galega, 16, 107-121.

5. Marques, M. A. (2014). Palavra de Presidente: construção da autoridade nos discursos de Abril. forma breve, 11, 297-311.

6. Marques, M. A. (2014). Linguagem coloquial e modalização. REDIS: Revista de Estudos do Discurso, 3, 94-106.
http://ler.letras.up.pt/site/default.aspx?qry=id05id1446id2682&sum=sim

7. Marques, M. A. (2013). Politique, humour et campagne électorale. Les enjeux d’une politique-spectacle. Mots. Les langages du Politique, 101, 61-75. http://mots.revues.org/21146

8. Marques, M. A. (2013). Construir a responsabilidade enunciativa no discurso jornalístico. REDIS: Revista de Estudos do Discurso, 2, 139-165. http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/12760.pdf

9. Marques, M. A. (2012). Géneros do oral - Pregões e Chamamentos. REDIS: Revista de Estudos do Discurso,1, 99-117.
http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/12718.pdf

10. Marques, M. A. (2011). La reprise dissensuelle dans le discours politique parlementaire – du dialogal au dialogique. Cahiers de Praxématique, 57, 133-146. http://praxematique.revues.org/1763

11. Marques, M. A. (2010). Circulation et fonction de la médisance en campagne électorale». Cédille, revista de estudios franceses. Monografias 1, 65-79.
http://cedille.webs.ull.es

12. Marques, M. A. (2010). Formas de tratamento e construção da relação interpessoal em Contos da Montanha de Miguel Torga. Revista Galega de Filoloxía, 11, 61-78.

13. Marques, M. A. (2007). Discordar no Parlamento: estratégias de argumentação. Revista Galega de Filoloxía, 8, 99-124.

14. Marques, M. A. (2007). Comentário jornalístico político: interpretação de outros discursos e argumentação. Diacrítica, 21.1 (série Ciências da Linguagem), 127-142.

15. Marques, M. A. (2005). Debate, argumentação e organização enunciativa. Comunicação e Sociedade 8 (Comunicação Estratégica), 47-62.

16. Marques, M. A. (2003). Renovação dos discursos – Novas formas de interacção e legitimação dos Interlocutores. Diacrítica, 17.1 (série Ciências da Linguagem), 189-219.

17. Marques, M. A. (2002). Percursos da Análise do Discurso. Diacrítica, 16, 279-287.

Artigos em revistas com arbitragem científica (em colaboração)


18. Duarte, I. M., Marques, M. A. & Ramos, R (2017). O discurso publicitário ao serviço da construção da identidade no Estado Novo: o caso de Mundo Gráfico. REDIS: Revista de Estudos do Discurso, 6, 97-116.

19. Ramos, R. & Marques, M. A. (2016). Traços de didaticidade em artigos de divulgação científica mediática. O caso de uma edição especial “verde” da revista Visão. REDIS: Revista de Estudos do Discurso, 5, 144-168.

20. Marques, M. A. & Ramos, R. (2015). Marcas deíticas da presença do locutor no discurso cientí¬fico. Dissertações de mestrado apresentados na Universidade do Minho. REDIS: Revista de Estudos do Discurso, 4, 144-168.

21. Duarte, I. M. & Marques, M. A. (2014). As formas pronominais EU/TU – valor genérico e distanciação. Revista Galega de Filoloxía, 15, 69-85.

22. Braga, D. & Marques, M. A. (2007). Desambiguador de Homógrafos Heterófonos para Sistemas de Conversão Texto-Fala em Português. Diacrítica, 21.1 (série Ciências da Linguagem), 25-49.


Trabalhos completos em eventos com arbitragem científica

1. Marques, M. A. (2014). Formas de tratamento em Português e discurso televisivo: usos de você. In Y. Andreeva (Ed), Horizontes do Saber Filológico (pp.62-73). Sófia: Editora Universitária Sveti Kliment Ohridski.

2. Marques, M. A. (2010). A voz dos Outros no Parlamento. In Actas do XXXIX Congreso de la Sociedad Española de Lingüística [CD-Rom] (pp. 1-12). Santiago de Compostela.

3. Marques, M. A. (2009). Formas de reforçar a imagem áudio e captar a atenção do ouvinte. In A. A. Amorim (Org), Actas do Encontro sobre podcasts [CD-ROM] (pp. 124-132). Braga: CIED/Universidade do Minho.

4. Marques, Maria A. (2008). Arrogância e Construção do Ethos no Discurso Político Português. Actas do III Simpósio Internacional de Análise do Discurso [CD-ROM] (pp. 1-10). Belo Horizonte: UFMG.

5. Marques, M. A. (2007). O ‘povo português’ nos discursos políticos parlamentares: um papel comunicativo complexo. In P. Cano López (Org), Actas del VI Congreso de Linguística General, Tomo 3 (pp.3121-3132). Santiago de Compostela.

6. Marques, M. A. (2006). Modalização/modalidade: (in)definições da área». In M. A. Marques, R. Ramos, J. Teixeira, M. E. Pereira & I. Ermida (Eds), Processos Discursivos de Modalização. Actas do III Encontro Internacional de Análise Linguística do Discurso (pp.149-162). Braga: Universidade do Minho/CEHUM.

7. Marques, M. A. (2006). El análisis del discurso en Portugal: estado de la cuestión. In M. Villayandre Llamazares (Org), Actas del XXXV Simposio Internacional de la Sociedad Española de Lingüística (pp.177-1195). Léon: Universidad de Léon, http://www3.unileon.es/dp/dfh/SEL/actas.htm,

8. Marques, M. A. (2006). Debate político e discurso relatado – dimensões de uma ficção. Actas do VII Congrés de Linguística General [CD-ROM] (pp.1-15) Barcelona: Universidade de Barcelona.

9. Marques, M. A. (2005). Discurso Político Parlamentar: esferas pública e privada na construção do locutor. In M. Gonçalves, A. Silva, J. Coutinho, J. C. Martins & M. J. Ferreira (Eds), Gramática e Humanismo. Actas do colóquio de homenagem ao Professor Amadeu Torres (pp.487-497). Braga: Publicações da Fac. Filosofia da U. Católica Portuguesa.

10. Marques, M. A. (2002). Conectores fáticos e construção da relação interlocutiva». In Actas do Encontro Comemorativo do Centro de Linguística da Universidade do Porto (Vol. 2) (pp.31-39). Porto: CLUP/Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

11. Marques, M. A. (2001). Construção da relação de interlocução no debate político parlamentar». In L. Abreu & A. Miranda (Eds), O Discurso em Análise – Actas do 7º Encontro de estudos Portugueses (pp.55-63). Aveiro: Universidade de Aveiro.

Trabalhos completos em eventos com arbitragem científica (em colaboração)

12. Marques, M. A. & Duarte, I. M. (2015). Cá e Lá: atenuação, reforço e outros valores modais em PE. In M. F. Batista (Org), Anais do Congresso Internacional de Semiótica e Cultura (pp.380-393). Brasil: Universidade Federal da Paraíba
http://www.cchla.ufpb.br/semicult/arquivos/ANAIS%20VER_PAGINADA_08_04_2015

13. Marques, M. A. & Aguiar, M. (2014). Usos de portanto no falar bracarense. Textos Selecionados, XXIX Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística. (pp. 321-331). Lisboa: APL.

14. Carvalho, A. A., Aguiar, C., Santos, H., Oliveira, L., Marques, M. A. & Maciel, R. (2009). Podcasts in Higher Education: Students’ and Lecturers’ Perspectives”. In Proceedings Education and Technology for a Better World 9th IFIP TC 3 World Conference on Computers in Education, WCCE 2009, Bento Gonçalves, Brazil, July 27-31 (pp. 417-426). Springer Boston.

15. Braga, D., Marques, M. A. & Resende Jr, F. (2008). Leitor de estrangeirismos para sistemas de conversão Texto-Fala em PE. Textos Seleccionados. XXIII Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística (pp. 61-76). Lisboa: APL.

16. Braga, D. & Marques, M. A. (2004). The Pragmatics of the prosodic features in the political debate. Proceedings of the International Conference of Speech Prosody (pp. 321-324). Nara: Japan.

17. Braga, D., Freitas, D., Teixeira, J. P. & Marques, M. A. (2003). On the Use of Prosodic Labelling in corpus-Based Linguistic Studies of Spontaneous Speech. Proceedings of Text, Speech and Dialogue (pp.388-393).Ceske Budejovice, Czech Republic.


Trabalhos completos em eventos sem arbitragem científica

1. Marques, M. A. (2007). Formas de tratamento e 3ª pessoa de (des)cortesia. III Encontro Leituras em Português. CIEUM, Instituto de Educação da Universidade do Minho. (convite)

2. Marques, M. A. (2007). Narrativa e discurso político: Estratégias argumentativas. In A. G. Macedo & M. E. Keating (Orgs). O poder das narrativas. As narrativas do poder (pp.303-316). Braga, Universidade do Minho/CEHUM,

3. Marques, M. A. (2007). Gramática e Pragmática – questões de cortesia. In L. M. Silva (org), II Encontro Leituras em Português (pp.62-72). CD-ROM. (convite)

2.1.5.1. Trabalhos completos em eventos sem arbitragem científica (em colaboração)

4. Carvalho, A. A, Aguiar, C., Carvalho, C. J., Oliveira, L. R., Cabecinhas, R., Marques, M. A., Santos, H. & Maciel, R. (2008). Taxonomia de Podcasts. http://www.ie.uminho.pt/podcast/Taxonomia_Podcasts.pdf


Prefácios

1. Sánchez Rei, X. M. & Marques, M. A. (2016). Introdução. In X.M. Sánchez Rei & M. A. Marques (Orgs). As Ciências da Linguagem no espaço galego-português - diversidade e convergência. (pp.7-13). Braga: Universidade do Minho/ CEHUM/Húmus.

2. Marques, M. A. & Sánchez Rei, X. M. (2015). Introdução. In M. A. Marques & X. M. Sánchez Rei (Orgs). Novas perspectivas linguísticas no espaço galego-português (monografia) (pp. 7-10). Corunha: Universidade da Corunha.

3. Bacot, P., Marques, M.-A. & Monte, M. (2013). Un discours politique européen. Mots. Les langages du Politique, 101, 5-11.

4. Marques, M. A. (2006). Apresentação. In M. A. Marques, R. Ramos, J. Teixeira, M. E. Pereira & I. Ermida (Eds), Processos Discursivos de Modalização. Actas do III Encontro Internacional de Análise Linguística do Discurso (pp.9-11). Braga: Universidade do Minho/CEHUM.

5. Marques, M. A., Koller, E., Teixeira, J. & Sampaio A. (2005). Apresentação. In M. A. Marques, E. Koller, J. Teixeira, & A. Sampaio (Eds). Ciências da Linguagem: 30 anos de investigação e ensino. Braga: ILCH-CEHUM, p. 7-10.

6. Marques, M. A. (2004). Apresentação: Práticas de Investigação em Análise Linguística do Discurso. In M. A. Marques, M. E Pereira, R. Ramos & I. Ermida, (Org). Práticas de Investigação em Análise Linguística do Discurso. Actas do II Encontro Internacional de Análise Linguística do Discurso (pp.9-14). Braga: Universidade do Minho/CEHUM.


Verbetes em enciclopédias

1. Marques, M. A. (2002). Pragmática. In Enciclopédia Verbo Luso-Brasileira da Cultura, (vol. 23). Lisboa: Edição século XXI.

Recensões críticas

1. Marques, M. A. (2017). Plantin, Ch. Dictionnaire de l’argumentation. Une introduction aux études d’argumentation. Lyon: ENS éditions Myriades, vol 3, 101-103.

2. Marques, M. A. (2013). Sánchez Rei, X. M. Lingua galega e variación dialectal. Coruña: Edicións Laiovento. Diacrítica 27/1 (série Ciências da Linguagem), 321-323.




Orientação de Projetos de Pós-doutoramento

Terminados

1. Projeto de Pós-Graduação em Filologia e Língua Portuguesa (FLP), apresentado pela Profª Zilda Aquino, da Universidade de S. Paulo, Brasil, intitulado Discurso Político e Discurso da Mídia: identidade, legitimidade e relações de Poder (Setembro de 2014-junho 2015)

2. Projeto de Pós-Graduação, apresentado pelo prof. Xosé Manuel Sánchez Rey, da Universidade da Corunha, intitulado Marcadores discursivos na oralidade do galego e do português: aproximação contrastiva (fevereiro – março de 2015)



Orientação de Teses de Doutoramento

Teses de doutoramento

Em curso

1. O Funcionamento dos Marcadores discursivos “mas”, “portanto”, “pois” e “contudo” em programas da Televisão Pública de Angola, de Jordão Buaza Caculo, Doutoramento em Ciências da Linguagem, Análise do Discurso, ILCH, Universidade do Minho. (Orientadora) (em curso/início: 2017)

2. Imagens presidenciais nos discursos de tomada de posse nos 100 anos da República Portuguesa, de Micaela Maria Assis de Aguiar, Doutoramento em Ciências da Linguagem, Análise do Discurso, ILCH, Universidade do Minho. (Orientadora) (em curso/início: 2014). (bolseira FCT)
Tese integrada no projeto O Discurso do Presidente. Cem anos de discursos presidenciais em Portugal.

3. Referendar: discurso, conflito e argumentação, Maria Isabel Teresa Morais Fuzeta de Campos Gil, Doutoramento em Linguística, Universidade Católica Portuguesa (coorientação com o Prof. Joaquim Fonseca, professor catedrático aposentado da Faculdade de Letras da Universidade do Porto) (em curso).

Terminadas
4. 4. L’ironie dans le discours politique portugais: indices linguistiques et stratégies discursives, de Ana Cristina Pereira Braz, doctorat en Études Portugaises, Brésiliennes et Afrique Lusophone, cotutela Universidade Paris 8 e Universidade do Minho, provas realizadas em 21 de novembro de 2017, na Universidade de Paris 8, classificação de aprovada por unanimidade (Coorientadores: Maria Aldina Marques e prof.ª Maria Helen Araújo Carreira).

5. Le droit communautaire et la traduction juridique en français et en portugais – De la subjectivité des temps verbaux dans des traités communautaires, de Maria da Conceição Varela, doutoramento em Ciências da Linguagem, Universidade do Minho, provas realizadas em 13 de setembro de 2013, classificação de aprovada por unanimidade (Orientadora)

6. A importância do grupo-turma e do círculo de amigos no sucesso ou insucesso escolar, tese de doutoramento de Paula Margarida G. B. Miranda Brás, Universidade Nova de Lisboa, provas realizadas em 22 de setembro de 2010, classificação de aprovada por unanimidade. (Coorientadores: Maria Aldina Marques e Prof. Sérgio Grácio)

7. Algoritmos de Processamento da Linguagem Natural para Sistemas de Conversão Texto-Fala em Português, tese de doutoramento de Daniela Braga da Silva. Universidade da Corunha, provas realizadas em 23 de maio de 2008, classificação máxima (sobresaliente cum laude, por unanimidade). (Coorientadores: Maria Aldina Marques; Prof. Juan Manuel Feixeiro Mato e Prof. Fernando Junior),

8. Le passif en Français et en Portugais: une approche contrastive, tese de doutoramento de Sílvia Araújo, realizada na Universidade do Minho, provas realizadas em 22 de julho de 2008, classificação de aprovada por unanimidade. (Coorientadores: Maria Aldina Marques e Profª Nicole Rivière)

Outras orientações

Estágios de doutoramento CAPES

1. Representações das práticas de leituras no Ensino Médio: o que dizem os alunos de escolas públicas de Minas Gerais sobre si, como leitores, doutoramento em Ciências da Linguagem, apresentado por Fabrícia Aparecida Migliorato Corsi, Universidade Federal de S. Carlos, orientação da professora Luzmara Curcino Ferreira. Supervisora no exterior, de dezembro de 2014 a dezembro de 2015. Tese concluída em 12 de dezembro de 2016. (aprovada)

2. A leitura como prática discursiva e a função-leitor na criação e produção de efeitos de sentido na pós-modernidade. Texto e discurso nas modalidades oral e escrita, apresentado por Anderson Ferreira. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo-PUCSP, orientação do professor Jarbas Vargas Nascimento. Programa de pós-graduação em língua portuguesa. Supervisora no exterior entre janeiro e dezembro de 2015. (em fase de apresentação das provas)

3. A aula enquanto acontecimento discursivo: efeitos de sentido do projeto cambira para alunos da comunidade pesqueira da barra do sul, doutoramento PDSE (Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior), em Ciências da Linguagem, apresentado por Sueli Regina de Oliveira. Universidade do Sul de Santa Catarina, Brasil, orientação da professora Nadia Régia Naffi Meckel.
Supervisora no exterior entre agosto e dezembro de 2014). (aprovada com distinção)



Orientação de Teses de Mestrado

Terminadas

1. Il si passivante nella língua portoghese: analisi per un confronto con la lingua italiana, de Martina Coin, Tesi di laurea in Lingua Portoghese e brasiliana, Corso di Laurea Magistrale in Lingua e Cultuta Italiane per Stranieri (coorientadora, orientador: Roberto Mulinacci), provas realizadas na Universidade de Bolonha, em março de 2017, com a classificação máxima 110/110 e lode.

2. A Construção Linguística da Atenuação em Contexto Pré-escolar, de Mónica Sofia Louro Peixoto. Provas de Mestrado em Ciências da Linguagem, Universidade do Minho, realizadas no dia 7 de dezembro de 2016, com a classificação de 18 valores, por unanimidade.

3. A construção do Eu no conto de autoria feminina Portuguesa e Anglófona – o diálogo intertextual numa perspetiva linguística, de Cláudia Sousa Dias. Provas de Mestrado em Ciências da Linguagem, Universidade do Minho, realizadas no dia 25 de junho de 2015, com a classificação de 16 valores, por maioria.

4. O texto polémico nos meios de comunicação social: criação de um espaço de conflitualidade em torno dos novos programas de Português, de Vera Lúcia Caetano Mendes Alves Barbosa. Provas de Mestrado em Ciências da Linguagem, Universidade do Minho, realizadas no dia 23 de abril de 2015, com classificação de 17 valores, por unanimidade.

5. A construção do ethos em L’étranger de Albert Camus - uma análise linguística, de Micaela Maria Assis de Aguiar. Provas de Mestrado em Linguística Portuguesa e Comparada, Universidade do Minho, realizadas em 29 de novembro de 2013, com classificação de 18 valores, por unanimidade.

6. A escola como lugar de discursos. As relações de cortesia nas interacções verbais formais entre professores, de Elvira Salgueiro Rodrigues Fernandes. Provas de Mestrado em Linguística Portuguesa e Comparada, Universidade do Minho, realizadas em 23 de março de 2011, com classificação de 18 valores, por unanimidade.

7. Os conectores como elementos discursivos. O caso de “porém”, de Zlata Putnik. Provas de Mestrado em Linguística Portuguesa e Comparada, Universidade do Minho, realizadas em 3 de junho de 2009, com classificação de Bom com Distinção, por unanimidade.

8. Polifonia e modalização no debate radiofónico, de Ana Paula Nogueira Faria de Matos. Provas de mestrado Linguística Portuguesa e Comparada, Universidade do Minho, realizadas em 12 de maio de 2009, com classificação de Muito Bom, por unanimidade.

9. Variação da vibrante múltipla no Português Europeu – um estudo sociolinguístico, de Ana Mécia Aleixo. Provas de mestrado em Linguística Portuguesa e Comparada, realizadas em 21 de janeiro de 2009, com classificação de Bom com Distinção, por unanimidade. (orientadores: Maria Aldina Marques e Profª Maria da Conceição Paiva).

10. Texto e Fragmento Textual – Processos de Re(con)textualização, de Teresa da Conceição Mendes de Castro. Provas de Mestrado em Linguística Portuguesa e Comparada. Universidade do Minho, realizadas em 19 de julho de 2007, com classificação de Muito Bom, por unanimidade.

11. Estratégias de Argumentação e Construção da Imagem Pessoal no Debate Político Televisivo, de Daniela Braga. Provas de Mestrado em Linguística Portuguesa. Universidade do Minho, realizadas em 21 de janeiro de 2005, com classificação de Muito Bom, por unanimidade. (Prémio de Investigação APL, 2006).



Outros Dados

Apresentação de comunicações orais

Conferências

1. Marques, M. A. Formas de tratamento: da estabilidade dos parâmetros sociais à instabilidade dos usos discursivos, realizada na Universidade de S. Paulo (USP), Brasil, em 18 de setembro de 2017

2. Marques, M. A. Debate eleitoral português: estratégias de atenuação linguística. International workshop: “Political discourse in the Romance speaking countries: new perspectives at the crossroads of linguistics and social sciences”, realizada na Universidade de Estocolmo, em 10 de outubro de 2014 (conferência plenária).

3. Marques, M. A. Todos os rios vão dar a março. O movimento dos indignados e a construção de um ethos coletivo. I Congresso Internacional de Estudos do Discurso (I CIED), realizada na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da Universidade de S. Paulo, Brasil, em 8 de agosto de 2014 (conferência plenária).

4. Marques, M. A. Discurso jornalístico e responsabilidade enunciativa. JADIS II. Realizada na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em 5 de novembro de 2012 (conferência plenária).

5. Marques, M. A. Le discours parlementaire portugais : construction des images des interlocuteurs. Realizada no Centre Culturel Calouste Gulbenkian, Paris, em 14 de dezembro de 2009.

6. Marques, M. A. As vozes no Parlamento – construção da imagem e argumentação. Realizada no Departamento de Galego-Português, Francês e Linguística, da Universidade da Corunha, em 28 de maio de 2009.

7. Marques, M. A. A argumentação no discurso político português – uma perspetiva da argumentação no discurso. Realizada no Departamento de Galego-Português, Francês e Linguística, da Universidade da Corunha, em 26 de maio de 2009.

Seminários

1. Marques, M. A. Debates parlamentares: a razão das emoções. Seminários de pós-graduação. Realizado na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, em 25 de maio de 2012.

2. À procura da Língua perfeita: o que muda e como muda no Acordo ortográfico. Acordo Ortográfico. Língua Portuguesa. Ciclo Formativo (para leitores) promovido pelo Instituto Camões. Lugo, em 8 de Maio de 2010.


Comunicações em encontros científicos (submissão e convite)

1. Marques, M. A., VÓS, um travo de anacronismo? Simpósio Próximos ou distantes? Formas de tratamento nas diferentes variedades do português, no VI SIMELP. Instituto Politécnico de Santarém, de 24 a 27 de outubro de 2017. http://simelp.ese.ipsantarem.pt/

2. Marques, M. A. Enunciação e referenciação. Os discursos de celebração de Abril, nas VII Jornadas de Estudos do Discurso (JADIS)/ MEMITÁ, Universidade do Porto, 19 e 20 de outubro de 2018.

3. Marques, M. A. Discursos Políticos Presidenciais de Ano Novo. Gerir a incerteza. Mesa-redonda Interações em contextos institucionais e Políticos: questões teóricas e analíticas, no 7º Seminário Internacional de Linguística – 7º SIL, III Congresso Interdisciplinar de Cortesia e II Simpósio de Linguística Textual Discurso e Interdisciplinaridade, Universidade Cruzeiro do Sul, de 12 a 15 de setembro de 2017. (convite)

4. Marques, M. A. Discursos do quotidiano na cidade. Interações verbais em situação de comércio. XVIII Colóquios de Outono, ILCH, Universidade do Minho, 17 e 18 de novembro de 2016. (convite)

5. Marques, M. A. Especificidades do discurso político parlamentar em A Queda dum Anjo, de Camilo Castelo Branco. 3ºs Encontros Camilianos de São Miguel de Seide, Casa de Camilo, Vila Nova de Famalicão, em 7 e 8 de outubro de 2016. (convite)

6. Marques, M. A. Foi praí em dezembro [C’était p’t-être en décembre]. Registre coloquial, approximation et responsabilisation énonciative. Congresso internacional Oral 2016: langues romanes. Universidade Babeş-Bolyai, de Cluj-Napoca, Roménia, em 13-14 de maio de 2016.

7. Marques, M. A. Ah, pois... oralidade, marcadores discursivos e ensino do Português. Projeto FADO, follow-up. Faculdade de Letras da Universidade do Porto/ CLUP, em 17 e 18 de fevereiro de 2016. (convite)

8. Marques, M. A. Approximation, force argumentative et deixis personnelle dans les discours politiques de commémoration. Colloque La deixis et son expression dans les langues romanes. Universidade de Paris 8, 3 e 4 de dezembro de 2015. (convite)

9. Marques, M. A. Political street protests and address forms. Impoliteness as a norm. Congresso internacional Im/Politeness and Globalisation, Kapodistrian University of Athens, Grécia, 1, 2 e 3 de julho de 2015.

10. Marques, M. A. Argumentar em tempos de crise no Parlamento Português. Jornadas Discurso e Cognição. Faculdade de Filosofia da Universidade Católica Portuguesa, Braga, em 16 de junho de 2015. (convite)

11. Marques, M. A. Para uma análise linguística dos discursos. A heterogeneidade enunciativa como princípio ordenador da investigação. Novas tendencias na investigación linguística no espazo galego-portugués. Universidade da Corunha (Grupo de Investigación Lingüística e Literaria Galega (ILLA)), em 8 de maio de 2015. (convite)

12. Marques, M. A. “Se Calhar”. Segunda Jornada sobre Marcadores Discursivos. Faculdade de Letras da Universidade do Porto/CLUP, em 20 de abril de 2015. (convite)

13. Marques, M. A. Palavra de Presidente: construção da autoridade presidencial nos discursos de Abril. Discursos de Liberdade. Universidade de Aveiro (programa comemorativo “40 anos de Abril”), em 25 de novembro de 2014. (convite)

14. Marques, M. A. Oralidade, Coloquialidade e Relato de Discurso. IV Jornadas de Língua Portuguesa e Culturas Lusófonas da Europa Central e de Leste. Universidade Carolina, Praga, em 26 e 27 de Setembro de 2014.

15. Marques, M. A. Discurso Direto e coloquialidade na fala bracarense. Discurso(s) de Cumplicidade(s): Colóquio de Homenagem a Fernanda Menéndez. Universidade Nova de Lisboa, a 6 de junho em 2014. (convite)

16. Marques, M. A. Political instability, economic crisis and linguistic aggressivity in Portuguese Parliament. Simpósio EPICS VI. Universidade de Sevilha, Espanha, de 12 a 14 de maio de 2014.

17. Marques, M. A. Particularidades da dêixis temporal em interações verbais orais do português. Colóquio Internacional “Tempo, espaço e identidade na cultura portuguesa. 40 anos de Estudos Lusófonos na Roménia: Desafios e Perspetivas, Universidade de Bucareste, Roménia, em 11 e 12 de abril de 2014.

18. Marques, M. A. ‘Tipo’. Référentiation et modalisation dans des interactions verbales orales. Colloque International Faits de Langue et de discours pour l’expression des modalités dans les langues romanes, Universidade Paris 8, em 5 e 6 de dezembro de 2013. (convite)

19. Marques, M. A. Linguagem coloquial e modalização. JADIS III. Faculdade de Letras da Universidade do Porto /CLUP, em 28 e 29 de novembro de 2013.

20. Marques, M. A. Formas de tratamento em Português e discurso televisivo: usos de você. Colóquio Horizontes do Saber Filológico. Universidade de Sófia Sveti Kliment Ohridski, Bulgária, em 16 e17 de novembro de 2012.

21. Marques, M. A. Imagens (entre)vistas. A construção de identidades na entrevista política televisiva. II Congresso Internacional CICOM, Faculdade de Filosofia da Universidade Católica Portuguesa, Braga, em 19 e 21 de setembro de 2012.

22. Marques, M. A. Cortesia, formas de tratamento e géneros discursivos - condições de ocorrência e de uso. Colóquio internacional Cortesia: olhares e (re)invenções. Universidade Aberta, Lisboa, de 6 a 8 de Setembro de 2012.

23. Marques, M. A. Marcadores do discurso, género e competência comunicativa. Jornadas Marcadores do discurso. Faculdade de Letras da Universidade do Porto/CLUP, em 6 de junho de 2012. (convite)

24. Marques, M. A. Discours de la vie quotidienne – Interpellations et slogans. Les Rapports entre l’oral et l’écrit dans les langues romaines. Universidade de Paris 8, em 9 e 10 de dezembro de 2011. (convite)

25. Marques, M. A. Pregões e chamamentos. I Jornadas de Análise do discurso- JADIS I. Faculdade de Letras da Universidade do Porto/CLUP, em 12 e 13 de dezembro de 2011. (convite)

26. Marques, M. A. Émotions et Argumentation au Parlement. Parliamentary Discourses across Cultures: Interdisciplinary Approaches. Universidade de Bucareste, Roménia, em 23 e 24 de setembro de 2011.

27. Marques, M. A. Humour, politique et campagne électorale. Les enjeux d’une politique-spectacle. Le discours politique portugais en perspective: approches plurielles, Centro de Linguística da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em 16 e 17 de junho de 2011. (convite)

28. Marques, M. A. La reprise dissensuelle dans le Discours Politique Parlementaire - du dialogal au dialogique. Colloque DIALOGISME langue, discours. Universidade Paul Valéry, Montpellier 3, França, de 8 a10 de Setembro de 2010.

29. Marques, M. A. La dimension émotionnelle de l’argumentation politique au Parlement. Jornadas sobre Manipulação e Discurso. Faculdade de Letras da Universidade do Porto/CLUP, em 4 e 5 de junho de 2010. (convite)

30. Marques, M. A. O Discurso Relatado: da gramática ao texto. III Encontros de Língua Portuguesa. Instituto de Estudos Superiores de Fafe, em 15 de maio de 2010. (convite)

31. Marques, M. A. As vozes dos Outros no Parlamento. XXXIX Congreso de la Sociedad Española de Lingüística. Universidade de Santiago de Compostela, Espanha, de 1 a 4 de fevereiro de 2010.

32. Marques, M. A. Expressions idiomatiques et valeurs argumentatives dans le discours parlementaire portugais. Colóquio L’idiomaticité dans les langues romanes. Universidade de Paris 8, em 11 e 12 de dezembro de 2009. (convite)

33. Marques, M. A. Formas de reforçar a mensagem áudio e de captar a atenção. Encontro sobre podcasts”. Universidade do Minho, em 8 e 9 de julho de 2009.

34. Marques, M. A. Análise do Discurso: o discurso como objecto. Encontro comemorativo dos 20 anos do ILTEC. Universidade de Lisboa, em 30 de junho e 1 de julho de 2008. (convite)

35. Marques, M. A. Arrogância e construção do ethos no discurso político português. III Simpósio Internacional sobre Análise do Discurso. Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil, de 1 a 5 de abril de 2008.

36. Marques, M. A. Formas de tratamento e 3ª pessoa de (des)cortesia. III Encontro Leituras em Português. Universidade do Minho/ CIEUM, a 8 de outubro de 2007. (convite)

37. Marques, M. A. A relação interpessoal em Contos da Montanha de Miguel Torga. Diálogos com a Lusofonia. Universidade de Varsóvia, de 10 a12 de dezembro de 2007.

38. Marques, M. A. Análise do Discurso. Mas isso é Linguística?. V SOPCOM. Instituto de Comunicação Social. Universidade do Minho, de 6 a 8 de setembro de 2007.

39. Marques, M. A. Quando a cortesia é agressiva. Expressão de cortesia e imagem do Outro. O Fascínio da Linguagem. Colóquio de homenagem à professora Fernanda Irene Fonseca. Faculdade de Letras da Universidade do Porto, de 23 a 25 de maio de 2007. (convite)

40. Marques, M. A. Narrativa e debate parlamentar: estratégias argumentativas. VIII Colóquio de Outono. Universidade do Minho/CEHUM, de 23 a 25 de novembro de 2006.

41. Marques, M. A. Campagne électorale et médisance – circulation et fonction de la médisance en campagne électorale. Troisième colloque international et interdisciplinaire. Universidade Laval, Québec, de 5 a 7 de outubro de 2006.

42. Marques, M. A. Debate político e discurso relatado – dimensões de uma ficção. VII Congrés de Linguística General. Universidade de Barcelona, de 18 a 21 de abril de 2006.

43. Marques, M. A. Gramática e Pragmática: questões de cortesia. Leituras em Português - II Encontro. Universidade do Minho/CIEUM, em 2006. (convite)

44. Marques, M. A. A Análise do Discurso em Portugal. XXXV Simposio de la Sociedad Española de Lingüística – SEL. Departamento de Filología Hispánica. Facultad de Filosofía y Letras. Universidade de León, a 12 de dezembro de 2005.

45. Marques, M. A. Modalização/Modalidade: (In)definições da área. III Encontro Internacional de Análise Linguística do Discurso. Universidade do Minho, a 10 de novembro de 2005.

46. Marques, M. A. Esferas pública e privada no discurso político parlamentar - a construção do locutor. Colóquio de Homenagem ao Prof. Amadeu Torres, Universidade Católica – Braga, a 21 de abril de 2005.

47. Marques, M. A. O «povo português» nos discursos políticos parlamentares – um papel discursivo complexo. VI Congreso de Lingüística General. Universidade de Santiago de Compostela, de 3 a 7 de maio de 2004.

48. Marques, M. A. Funcionamentos discursivos do discurso relatado. Ciclo de Conferências em Análise Textual e Literatura Infantil (Curso de Mestrado em Estudos da Criança – Análise Textual e Literatura Infantil). Universidade do Minho/ IEC, em 19 de novembro de 2004. (convite)

49. Marques, M. A. Procédés discursifs d’intensification en portugais – prétérition et relation interactionnelle. Colloque Plus ou moins !? L’atténuation et l’intensification dans les langues romanes. Universidade Paris 8, em 12 e 13 de dezembro de 2003. (convite)

50. Marques, M. A. Outras vozes. Outros Discursos. Colóquio Língua e Discurso. Homenagem a Joaquim Fonseca. Faculdade de Letras da Universidade do Porto, de 20 a 22 de novembro de 2003. (convite)

51. Marques, M. A. Conclusões. II Encontro Internacional de Análise Linguística do Discurso. Universidade do Minho/CEHUM, em 16 e 17 de outubro de 2003.

52. Marques, M. A. Conectores fáticos e construção da relação interlocutiva. Encontro Comemorativo do Centro de Linguística da Universidade do Porto. Universidade do Porto/CLUP, de 22 a 24 de novembro de 2001. (convite)

53. Marques, M. A. Percursos da Análise do Discurso. Jornada de Análise Linguística do Discurso. Universidade do Minho/CEHUM, a 8 de Junho de 2001.

54. Marques, M. A. Aspectos da Organização e Funcionamento do Discurso Político Parlamentar – a organização da enunciação no Debate da Interpelação ao Governo. Quid novi? 2001. Ponto de Encontro de Investigações recentes em linguística. Universidade do Porto/CLUP, em 4 e 5 de junho de 2001. (convite).

55. Marques, M. A. A Análise Linguística do Discurso na Universidade Portuguesa. Jornada de Análise Linguística do Discurso (mesa redonda). Universidade do Minho, a 8 de junho de 2001.

56. Marques, M. A. Construção da relação de interlocução no debate político parlamentar. 7º Encontro de Estudos Portugueses. Universidade de Aveiro/ ALAEP, em 29 e 30 de novembro de 2000.

Comunicações em encontros científicos (em colaboração)

57. Duarte, I., Marques, M. A. & Ramos, R., Discurso científico e ideologia na revista do Estado Novo, Portugal Colonial, JADIS/MEMITÁ, Universidade do Porto, em 19 e 20 de outubro de 2017.

58. Marques, M. A. & Duarte, I. M., Lá, em estruturas narrativas orais. XXXIII Encontro Nacional de Linguística, APL, Universidade de Évora, de 27 a 29 de setembro de 2017.

59. Duarte, I; Pinto, A. Marques, M. A. & Pinho, C., A construção da identidade portuguesa e da identidade da mulher em revistas do Estado Novo. Congresso Política e Cultura na Imprensa Periódica Colonial. Lisboa, de 22 a 25 de maio de 2017.

60. Duarte, I. M. & Marques, M. A. Funções discursivas das construções com a partícula Lá. CLUP 40 anos. Universidade do Porto/CLUP, em 24 e 25 de novembro de 2016.

61. Marques, M. A. & Duarte, I. M. O 25 de abril como memória construída nos discursos presidenciais de comemoração: negação e construção de um posicionamento enunciativo. CIED II / JADIS VI. Universidade do Porto, de 26 a 28 de outubro de 2016.

62. Seara, I. & Marques, M. A. Os discursos presidenciais espontâneos: o ethos de autenticidade em momentos de consternação nacional. CIED II / JADIS VI. Universidade do Porto, de 26 a 28 de outubro de 2016.

63. Duarte, I. M., Pinto, A. & Marques, M. A. O discurso publicitário ao serviço da construção da identidade no Estado Novo: o caso de Mundo Gráfico. CIED II / JADIS VI. Universidade do Porto, de 26 a 28 de outubro de 2016.

64. Marques, M. A; Ramos, R. Discursos migrantes: estratégias de designação de nós e os outros em discursos de opinião. IV Simpósio Internacional sobre Análise do Discurso. UFMJ, Belo Horizonte, de 14 a 17 de setembro de 2016.

65. Duarte, I., Pinto, A. & Marques, M. A. La Segunda Guerra Mundial y la construcción de la identidad portuguesa en las revistas del Estado Novo. Congreso de la Asociación Internacional de Hispanistas (AIH). Westfälische Wilhelms Universität. Münster, de 11 a 17 de julho de 2016.
66. Marques, M. A. & Duarte, I. M. Lá, atenuador em interações informais – Português Europeu. Congreso intenacional de atenuación lingüística (CIAL): perspectivas semánticas y pragmáticas. Universidade de Valencia, de 15 a 18 de junho de 2016.

67. Marques, M. A., Duarte, I. M. & Pinto, M. A. La seconda guerra mondiale e la costruzione dell'identità portoghese nelle riviste dell’Estado Novo. Giornate di Studio Internazionali Identità, Totalitarismi e Stampa. Ricodifica linguistico-culturale dei media di regime. Universidade de Palermo, em 14 e15 janeiro de 2016.

68. Marques, M. A. & Ramos, R. Traços de didaticidade em artigos de divulgação científica mediática. O caso de uma edição especial “verde” da revista Visão. JADIS V. Universidade do Porto/CLUP, a 27 de outubro de 2015.

69. Ramos, R., Marques, M. A. & Duarte, I. M. The hypertextual organization of science dissemination media texts aimed at children.13th International Public Communication of Science and Technology Conference. Salvador, de 5 a 8 de maio de 2014.

70. Marques, M. A. & Ramos, R. Marcas deícticas da presença do locutor no discurso científico. Dissertações de mestrado apresentadas na Universidade do Minho. JADIS IV - O discurso da ciência. Universidade do Porto/CLUP, em 5 e 6 de novembro de 2014.

71. Marques, M. A. & Duarte, I. M. Cá e Lá: atenuação, reforço e outros valores modais em PE. Jornadas sobre Atenuação. Universidade do Porto/CLUP, em 30 de junho e 1 de julho de 2014. (convite)

72. Marques, M. A. & Aguiar, M. Portanto no falar bracarense. Valores Contextuais. 1rst International Symposium Variation in Portuguese. Universidade do Minho/ CEHUM, de 28 a 30 de abril de 2014.

73. Marques, M. A. & Aguiar, M. Usos de portanto no falar bracarense (póster). XXIX Encontro APL. Coimbra, de 23 a 25 de outubro de 2013.

74. Marques, M. A. & Duarte, I. M. Le partage du sens dans l’interlocution plurilocuteurs: le pronom personnel “eles”. Colóquio Le sens du partage/le partage du sens. Hommage à Maria Helena Carreira. Universidade Paris 8, em 27 e 28 de setembro de 2013. (convite)

75. Duarte, I. M. & Marques, M. A. Valeur générique et distanciation. Jornadas Voix et Distanciation. Universidade do Porto /CLUP e Universidade do Minho /CEHUM, em 5-6 de junho de 2013. (convite)

76. Carvalho, A. A., Aguiar, C., Santos, H., Oliveira, L., Marques, M. A. & Maciel, R. Podcasts in Higher Education: Students’ and Lecturers’ Perspectives. 9th WCCE – IFIP World Conference on Computers in Education, WCCE 2009. Bento Gonçalves, Brasil, de 27 a 31 de julho de 2009.

77. Marques, M. A. & Ribeiro, A. ‘Dire’ ou ‘bruire’: les introducteurs de discours rapporté dans Aventuras de João Sem Medo. Discours rapporté, citation et pratiques sémiotiques, IVe colloque international du groupe Ci-dit. Universidade de Nice, de 11 a 13 de junho de 2009.

78. Braga, D., Resende Jr., F. & Marques, M. A. Leitor de estrangeirismos para sistemas de conversão Texto-Fala em PE. XXIII Encontro Nacional da APL. Universidade de Évora, de 1 a 3 de outubro de 2007.

Direção de publicações/ Coordenação/edição de revistas

1. Editora do volume da Diacrítica 32.1, 2018 (em coordenação com I. Seara) (em curso).

2. Coordenação da revista Myriades, vol. 3, 2017 (cocoordenação com Sílvia Araújo e Conceição Varela).
http://cehum.ilch.uminho.pt/myriades

3. Coordenação do dossiê da revista Mots. Les langages du politique, 101, Le Discours Politique au Portugal. março de 2013 (coordenação com Paul Bacot e Michèle Monte).
https://www.cairn.info/revue-mots-2013-1.htm

4. Coordenação da revista Diacrítica – série Ciências da Linguagem (números: 17.1; 18.1, 19.1, 20.1 e 21.1) (2003-2007).

Membro de comissões científicas, redatoriais e conselhos de leitura

Revistas

1. Membro do Conselho Editorial da revista Diálogo das Letras (desde 2017).

2. Membro do Conselho Editorial/Conselho Consultivo, Revista Lusófona de Estudos Culturais (RLEC). (desde 2017).

3. Membro da Comissão Redatorial da revista Veredas. (desde 2014).

4. Membro do Comité Científico da Revista Galega de Filoloxía (desde 2013).

5. Membro do Conselho Editorial da Revista de Estudos do Discurso. REDIS. (desde 2012).
http://ler.letras.up.pt/site/default.aspx?qry=id05id1446&sum=sim

6. Membro da Comissão Redatorial da revista Mots. Les Langages du Politique (desde 2010).

7. Membro da Comissão Redatorial da Revista Galega de Filoloxía. (2006-2012).

8. Membro do Conselho Científico da revista Diacrítica – série Ciências da Linguagem (2003-2008).

9. Membro da Comissão Redatorial da revista Diacrítica – série Ciências da Linguagem (2003-2008).

Revisão externa

10. Comissão de leitura da Revista Diacrítica, série Ciências da Literatura, CEHUM (2017).

11. Comissão de leitura da revista Diacrítica, série Ciências da Linguagem, CEHUM (2017).

12. Comissão de leitura da revista Diacrítica, série Ciências da Linguagem, CEHUM (2016).

13. Comissão de Leitura da revista Estudos Linguísticos / Linguistic Studies (Gramática & Texto – GRATO 2015) (2016).

14. Revisora externa da Revista Portuguesa de Humanidades (2016).

15. Membro da Comissão de leitura da revista Diacrítica - Ciências da Linguagem (2015).

16. Membro da Comissão de leitura da revista Diacrítica - Ciências da Linguagem. (2013).

17. Revisora externa da revista Veredas (2013).

18. Membro da Comissão Científica da revista Diacrítica, série Ciências da Linguagem (2012).

19. Membro da Comissão Científica da Revista Diacrítica – Ciências da Linguagem (2011).

20. Revisora externa da Revista Veredas (2011).

21. Revisora externa da Revista Galega de Filoloxía (2011).

22. Revisora externa da revista Comunicação e Sociedade, 16 (2010).

23. Membro da Comissão de Leitura da revista Estudos Linguísticos / Linguistic Studies (2008).


Consultoria

1. Consultora para a FCT (2014).

2. Consultora para a FCT-FACC (2007).

3. Consultora para a FCT-FACC (2003).


Encontros científicos

1. Membro da Comissão Científica do XXXIII Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística, Universidade de Évora, 2017.

2. Membro da Comissão Científica do Colóquio Internacional de Homenagem ao Professor Óscar Lopes, Universidade do Porto, 2017.

3. Membro da Comissão Científica do JADIS VII / CIED II, Universidade do Porto, 2017.

4. Membro da Comissão Científica do 3.º Encontro A Linguística na Formação do Professor – das teorias às práticas, Universidade do Porto, 2017.

5. Membro da Comissão Científica do XII Fórum de Partilha Linguística. Universidade Nova de Lisboa, 2017.

6. Membro da Comissão de avaliação dos Textos selecionados (Encontro APL, 2016), 2017.

7. Membro da Comissão Científica da 5ª Conferência Internacional sobre Gramática e Texto - GRATO 2017, Universidade Nova de Lisboa, 2017.

8. Membro da Comissão Científica do JADIS VI / CIED II, Universidade do Porto, 2016.

9. Membro da Comissão Científica do XXXII Encontro Nacional da APL, Universidade de Aveiro, 2016.

10. Membro da Comissão Científica do XXXI Encontro Nacional da APL/ Membro da Comissão Científica dos Textos selecionados, 2015/2016.

11. Membro da Comissão Científica das atas do Congresso Internacional “ 'Verba volant'? Oralidade, escrita e memória”, Universidade Católica Portuguesa, Centro Regional de Braga, 2014/2015.

12. Membro da Comissão Científica da 4ª Conferência Internacional sobre Gramática e Texto - GRATO 2015/Estudos Linguísticos/Linguistic Studies – GRATO 2015: Gramática e Texto: Cruzar fronteiras, Universidade Nova de Lisboa, 2016.

13. Membro da Comissão Científica do I Congresso Internacional de Estudos do Discurso (I CIED), Universidade de S. Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, 2014.

14. Membro da Comissão Científica do IX Forum de Partilha Linguística, Universidade Nova de Lisboa, 2014.

15. Membro da Comissão Científica para o XI Congresso da AIL, Universidade de Cabo Verde, 2014.

16. Membro da Comissão Científica da 3ª Conferência Internacional sobre Gramática e Texto - GRATO 2013, Universidade Nova de Lisboa, 2013.

17. Membro da Comissão Científica da obra Comunicação Política e Económica – dimensões cognitivas e discursivas, organizada por Silva, A, Martins, J., Magalhães, L. e Gonçalves, M., Universidade Católica, Braga, 2013.

18. Membro da Comissão Científica dos Textos seleccionados do XXVIII Encontro APL, Universidade de Coimbra, 2013.

19. Membro da Comissão Científica da publicação dos Textos seleccionados do Forum Núcleo de Jovens Investigadores do CLNUL (projeto de edição, submetido à Cambridge Scholars Publishing), 2013.

20. Membro da Comissão Científica do II Encontro CICOM, Universidade Católica, Braga, 2013.

21. Membro da Comissão Científica do VII Fórum Partilha Linguística, Universidade Nova de Lisboa, 2012.

22. Membro da Comissão Científica de JADIS II, Segundas Jornadas de Análise do Discurso, Media e Ensino, Universidade Nova de Lisboa, 2012.

23. Membro da Comissão Científica do Congresso Cortesia: Olhares e (re)invenções, Universidade Aberta, 2012.

24. Membro da Comissão Científica do Congresso Internacional de Comunicação, Cognição e Media, Universidade Católica, Braga, 2012.

25. Membro da Comissão Científica de The fourth international conference Critical Approaches to Discourse Analysis across disciplines (CADAAD), Universidade do Minho, 2012.

26. Membro da Comissão Científica do XXVII Encontro Nacional APL, Universidade de Lisboa, 2011.

27. Membro da Comissão Científica da 2ª Conferência Internacional sobre Gramática e Texto – GRATO 2011, Universidade Nova de Lisboa, 2011.

28. Membro da Comissão Científica VI Fórum de Partilha Linguística, Universidade Nova de Lisboa, 2011.

29. Membro da Comissão Científica do volume de Textos seleccionados do XXVI Encontro APL, 2011.

30. Membro da Comissão Científica do Colloque DIALOGISME langue, discours, Université Paul Valéry, Montpellier 3, França, 2010.

31. Membro da Comissão Científica do XXVI Encontro Nacional APL, Universidade de Évora, 2010.

32. Membro da Comissão Científica do XXV Encontro APL, Universidade de Lisboa, 2009.

33. Membro da Comissão de Leitura do V Fórum de Partilha Linguística, Universidade Nova de Lisboa, 2010.

34. Membro da Comissão de Leitura do IV Fórum de Partilha Linguística, Universidade Nova de Lisboa, 2009.

35. Membro da Comissão de Leitura do III Fórum de Partilha Linguística, Universidade Nova de Lisboa, 2008.

36. Membro da Comissão Científica do XXIV Encontro APL, Universidade do Minho, 2008.

37. Membro da Comissão Científica do XXIII Encontro Nacional APL, Universidade de Évora, 2007.

38. Membro da Comissão Científica das IV Jornadas de Língua Portuguesa, Escola Secundária Martins Sarmento, Guimarães, 2005.


Organização de eventos científicos

1. Conferência Voix, locuteur, énonciateur, sujet modal, pelo professor Alain Rabatel, da Universidade de Lyon 1, em colaboração com o CLUP no âmbito das Jornadas Voix et Distanciation, realizada em 6 de junho de 2013, na Universidade do Minho.

2. Conferência A crise sociolinguística da Galiza e os mercados linguísticos, pelo professor Celso Alvarez Cáccamo, da Universidade da Corunha, em colaboração com o Centro de Estudos Galegos, do ILCH, em 31 de maio de 2013.

3. Membro da Comissão de organização do Colóquio CADAAD, ICS, de 4 a 6 de julho de 2012.

4. Organização do painel Vozes políticas na diversidade dos discursos, integrado no XII Colóquio de Outono, CEHUM, de 4 a 6 de novembro de 2010.

5. Conferência plenária “L’onomastique et le discours politique”, por Paul Bacot, Universidade de Lyon, França, integrada no XII Colóquio de Outono, CEHUM, de 4 a 6 de novembro, 2010.

6. Membro da comissão organizadora do Encontro sobre Podcasts, realizado na Universidade do Minho, em 8 e 9 julho de 2009.

7. Presidente da Comissão Organizadora do III Encontro Internacional de Análise Linguística do Discurso, Universidade do Minho, em 10 e 11 de novembro de 2005.

8. Presidente da Comissão Organizadora do II Encontro Internacional de Análise Linguística do Discurso, Universidade do Minho, em 16 e 17 de outubro de 2003.

9. Presidente da Comissão Organizadora da Jornada sobre Edição de Textos, Universidade do Minho, em 21 de maio 2002.

10. Presidente da Comissão Organizadora da Jornada sobre Análise Linguística do Discurso, Universidade do Minho, em 8 de junho de 2001.

Membro de Redes/Centros de Investigação /Associações Científicas


1. Membro da Rede Internacional de Pesquisa em argumentação (REDIPAr);
Universidades participantes:
Universidades portuguesas e brasileiras.
Em constituição (1ª reunião realizada em 23 de outubro de 2017, na Universidade Aberta, em Lisboa).

2. Membro da rede europeia MEMITÀ – Memoria, identità e integrazione: per un’individuazione di modelli di analisi della comunicazione mediatica. Universidade responsável: l’Università degli Studi di Palermo.
Universidades participantes: Universidade de Rheinische Friedrich-Wilhelms-Universität (Bonn), Universidade Hassan II - Aïn Chock – Casablanca, Complutense (Madrid), Uniwersidade Łódzki (Łódź), Sevilla; Universidade de Roma; Universidade do Porto; Universidade do Minho. (desde 2015).
http://www.memita-net.com/who_we_are

3. Membro do grupo de pesquisa Discursos na Rede, da Universidade Federal de São Carlos, Brasil, (desde dezembro 2014).

4. Membro do grupo de pesquisa GESTELD - Grupo de Estudos em Educação, Sexualidade, Tecnologias, Linguagens e Discursos, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.
Coordenador: Maria Regina Momesso (desde 2015).

5. Membro da Équipe de linguistique des langues romanes, « Approches comparatives des langues romanes : discours, lexique, grammaire » du Laboratoire d’études romanes (LER) (EA 4385), Paris, Universidade Paris 8 (de 2011 a 2016).

6. Membro do Centro de Linguística da Universidade do Porto (CLUP), (colaboração a 10%) (desde 2010).

7. Membro da Associação Portuguesa de Linguística (APL)

8. Membro do Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho (integrado).


Coordenação, liderança e dinamização da atividade de investigação

Coordenadora de grupos de investigação/membro de comissões diretivas

1. Membro da Comissão diretiva do CEHUM (desde maio de 2017).

2. Coordenadora do grupo de investigação Pragmática. Discursos. Cognição (PraDiC) do CEHUM (desde abril de 2017).

3. Coordenadora da Linha de Ação Ciências da Linguagem, do Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho - CEHUM (2001-2006)

4. Membro da Comissão Diretiva do CEHUM (2001-2006)

5. Responsável pela reativação e dinamização do Laboratório de Fonética do Instituto de Letras e Ciências Humanas (2003-2004)

Participação em júris de provas académicas

Júris de Doutoramento

1. Vogal do júri das provas de doutoramento em Estudos Lingüísticos e Literarios do Galego e do Portugués (RD 1393/2007), com o título As TIC e a normalización lingüística na sociedade galega actual. Unha aproximación á súa realidade educativa, requeridas por María Luz Varela Armas, realizadas na Universidade da Corunha, Galiza, em 26 de Setembro de 2017 (arguente).

2. Vogal do júri das provas de doutoramento em Ciências da Linguagem, com o título Mecanismos de conexão frásica: a importância das variáveis sociais, requeridas por Isabel Joana Aguiar Santos, Universidade do Minho, realizadas em 11 de julho de 2017 (arguente).

3. Vogal do júri das provas de doutoramento em Ciências da Linguagem, com o título Representações das práticas de leituras no Ensino Médio: o que dizem os alunos de escolas públicas de Minas Gerais sobre si, como leitores, requeridas por Fabrícia Aparecida Migliorato Corsi, Universidade Federal de S. Carlos, Brasil, realizadas em 12 de dezembro de 2016 (arguente).

4. Vogal do júri das provas de doutoramento em Linguística, com o título Ethos textual em intervenções políticas: estudo contrastivo de mensagens de final de ano portuguesas e brasileiras, requeridas por Sara Topete de Oliveira Pita, Universidade Nova de Lisboa, realizadas em 17 de outubro de 2016 (arguente principal).

5. Vogal do júri das provas de doutoramento em Linguística, com o título A configuração linguística do agir institucional em sítios web, requeridas por Maria Clara Torres, Universidade Nova de Lisboa, realizadas em 6 de julho de 2016 (arguente principal).

6. Vogal do júri das provas de Doutoramento Etudes portugaises, brésiliennes et d’Afrique lusophone, com o título Le débat parlementaire en portugais (Portugal, Brésil) et roumain: approche pragmatico-discursive, requeridas por Verónica Manole, Universidade Paris 8, realizadas em 1 de dezembro de 2015 (relatora/arguente).

7. Vogal do júri das provas de doutoramento em Filoloxía Galega, com o título Lingua galega e novos suportes comunicativos: a linguaxe SMS, requeridas por Estefanía Mosquera Castro, Universidade da Corunha, realizadas em 17 de outubro de 2014 (arguente).

8. Vogal do júri das provas de doutoramento em Estudos da Criança, com o título Representações da Infância no Manual Escolar: uma Abordagem Linguística dos Textos de Manuais do 4º Ano de Português, requeridas por Teresa da Conceição Mendes de Castro, Universidade do Minho, realizadas em 9 de junho de 2014 (arguente principal).

9. Vogal do júri das provas de doutoramento em Ciências da Linguagem, com o título Linguistic componente of a charismatic leader appeal, requeridas por Iaroslav Kovalchuk, Universidade do Algarve, realizadas em 21 de fevereiro de 2014 (arguente principal).

10. Vogal do júri das provas de doutoramento em Ciências da Linguagem, com o título Le droit communautaire et la traduction juridique en français et en portugais – De la subjectivité des temps verbaux dans des traités communautaires, requeridas por Maria da Conceição Varela, Universidade do Minho, realizadas em 13 de setembro de 2013 (orientadora).

11. Vogal do júri das provas de doutoramento em Ciências da Linguagem, com o título Para uma abordagem linguística da obra narrativa integral de António Lobo Antunes, requeridas por Marina Alexandra Carvalho da Rocha, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, realizadas em 26 de julho de 2013 (arguente principal).

12. Vogal do júri das provas de doutoramento em Linguística Portuguesa, com o título A palavra dita e a palavra escrita: encontros e desencontros, requeridas por Maria Raquel Ribeiro, Universidade de Évora, realizadas em 20 de março de 2013 (arguente principal).

13. Vogal do júri das provas de doutoramento em Língua Portuguesa: Investigação e Ensino, com o título A argumentação oral formal em contexto de sala de aula, requeridas por Carla Maria Gerardo Henriques Marques, Universidade de Coimbra, realizadas em 15 de junho de 2011 (arguente principal).

14. Vogal do júri das provas de doutoramento em Sociologia da Educação, com o título A importância do grupo turma e do círculo de amigos no sucesso ou insucesso escolar, requeridas por Paula Margarida Miranda Brás, Universidade Nova de Lisboa, realizadas em 22 de setembro de 2010 (co-orientadora).

15. Vogal do júri das provas de doutoramento em Linguística, com o título Os sete Tratados Cartusianos. Edição e Glossário. Contributos para o estudo Linguístico, requeridas por Aida Paula Sampaio Coelho Lemos, Universidade de Santiago de Compostela, realizadas em 8 de fevereiro de 2010 (secretária/arguente principal).

16. Vogal do júri das provas de doutoramento em Linguística, com o título Do grafema ao gesto: contributos linguísticos para um sistema de síntese de base articulatória, requeridas por Catarina Oliveira, Universidade de Aveiro, realizadas em 3 de março de 2009 (arguente principal).

17. Vogal do júri das provas de doutoramento em Linguística, com o título Estrutura e funcionamento da interacção verbal polémica – contributo para o estudo da polemicidade em Camilo Castelo Branco, requeridas por Sónia Rodrigues, Universidade do Porto, realizadas em 16 de dezembro de 2008 (arguente principal).

18. Vogal do júri das provas de doutoramento em Linguística, com o título Aspectos da textualização publicitária: contributos para uma delimitação tipológica, requeridas por Maria Alexandra Pinto, Universidade do Porto, realizadas em 15 de dezembro de 2008 (arguente principal).

19. Vogal do júri das provas de doutoramento em Linguística, com o título Entre l’actif et le passif: se faire/fazer-se. Syntaxe, sémantique et pragmatique, requeridas por Sílvia Araújo, Universidade do Minho, em 22 de julho de 2008 (co-orientadora).

20. Vogal do júri das provas de doutoramento em Linguística, com o título Textos e géneros em diálogo – uma abordagem linguística da intertextualização, requeridas por Florencia Miranda, Universidade Nova de Lisboa, realizadas em 9 de outubro de 2007 (arguente principal).

21. Vogal do júri das provas de doutoramento em Linguística, com o título Estrutura discursiva e orientação argumentativa em textos de versões portuguesas da legislação de Afonso X. Contributos para o estudo do discurso jurídico medieval, Universidade do Porto, requeridas por Maria Clara Barros, realizadas em 25 de setembro de 2007 (arguente principal).

22. Vogal do júri das provas de doutoramento em Linguística, com o título Da epístola à mensagem electrónica: metamorfoses das rotinas verbais, requeridas por Isabel Roboredo Seara, Universidade Aberta, realizadas em 26 de junho de 2007 (arguente principal).

23. Vogal do júri das provas de doutoramento no ramo de conhecimento da Linguística, especialidade de Teoria do Texto, com o título Argumentação em géneros persuasivos: um estudo contrastivo, requeridas por Rosalice Pinto, Universidade Nova de Lisboa, realizadas em 31 de outubro de 2006 (arguente principal).

24. Vogal do júri das provas de doutoramento no Ramo de Conhecimento em Linguística, com o título Dimensões Temporais e Aspectuais do Funcionamento dos Discursos. Estudo Aplicado à Análise de Relatos de Viagens, requeridas por Ana Cristina Sousa Martins, Universidade do Porto, realizadas em 7 de junho de 2006 (arguente principal).

25. Vogal do júri das provas de doutoramento em Ciências da Linguagem, com o título Subjectividade: da palavra ao texto. Análise lexical e textual contrastiva de admitir/admit e reconhecer/ acknowledge, requeridas por Maria Emília Pereira, Universidade do Minho, realizadas em 23 de maio de 2006 (arguente principal).

26. Vogal do júri das provas de Doutoramento em Letras, com o título Contributos para a análise da linguagem jurídica e da interacção verbal na sala de audiências, Universidade de Coimbra, requeridas por Maria da Conceição Carapinha Rodrigues, realizadas em 16 de maio de 2006 (arguente principal).

27. Vogal do júri das provas de doutoramento em Linguística Portuguesa, com o título Aspectos do discurso do ambientalismo nos media escritos, requeridas por Rui Ramos, Universidade do Porto, realizadas em 7 de fevereiro de 2006 (arguente principal).

28. Vogal do júri de doutoramento em Ciências da Linguagem, com o título Evolução Semântica e o Emprego dos Verbos Ter e Haver na Língua Portuguesa, do séc. XIII ao séc. XVI. Contributos para uma Visão Diacrónica Global, requeridas por João Ferreira, Universidade do Minho, realizadas em 26 de fevereiro de 2003 (arguente principal).

29. Vogal do júri das provas de doutoramento em Ciências da Linguagem, com o título Retoma Pronominal e Nominal em Tradução Alemão-Português. Um Estudo em Linguística de Texto, requeridas por Dalila Maria Cerqueira Pereira da Silva Lopes, Universidade do Minho, realizadas em 23 de maio de 2002.

Júris de Mestrado

1. Vogal do júri de provas de Mestrado em Ciências da Linguagem, com o título A construção linguística da atenuação em contexto pré-escolar, requeridas por Mónica Sofia Louro Peixoto, Universidade do Minho, realizadas em 7 de dezembro de 2016 (orientadora).

2. Presidente do júri das provas de Mestrado em Ciências da Linguagem, com o título Um tratado de medicina inédito do século XVIII: Estudo comparativo, requeridas por Ana João Moreira, Universidade do Minho, realizadas em 29 de julho de 2016 (presidente do júri).

3. Vogal do júri de provas de Mestrado em Tradução e Comunicação Multilingue, com o título A revisão linguística em contexto jornalístico¸ requeridas por Ana Catarina Sendão Rodrigues, Universidade do Minho, realizadas em 30 de março de 2016 (arguente).

4. Presidente do júri das provas de Mestrado em Ciências da Linguagem, com o título A realização do sujeito em complementos infinitivos de verbos causativos e percetivos no português língua de herança, requeridas por Cátia Daniela Vieira Pereira, Universidade do Minho, realizadas em 12 de fevereiro de 2016.

5. Vogal do júri das provas de Mestrado em Tradução e comunicação multilingue, com o título Revisão da Língua Portuguesa em contexto jornalístico, requeridas por Daniela Sofia Ribeiro de Sousa, Universidade da Minho, realizadas em 15 de janeiro de 2016 (arguente).

6. Vogal do júri das provas de Mestrado em Estudos de Língua Portuguesa – investigação e ensino, com o título O retrato de acontecimentos: contributo para os estudos dos géneros da oralidade em português europeu, requeridas por de Natércia Afonso, Universidade Aberta, realizadas em 30 de julho de 2015 (arguente).

7. Vogal do júri das provas de Mestrado em Ciências da Linguagem, com o título A construção do eu no conto de autoria feminina portuguesa e anglófona – diálogo intertextual numa perspetiva linguística, requeridas por Cláudia Sousa Dias, Universidade do Minho, realizadas no dia 25 de junho de 2015 (orientadora).

8. Vogal do júri das provas de Mestrado em Ciências da Linguagem, com o título As marcas linguístico-discursivas como recursos estratégicos de argumentação na entrevista política e no discurso de posse presidencial requeridas por Dayse Francisneia Santana Correia Alfaia, Universidade Nova de Lisboa, realizadas no dia 1 de junho de 2015 (arguente).

9. Vogal do Júri das provas de Mestrado em Ciências da Linguagem, com o título O texto polémico nos meios de comunicação social: criação de um espaço de conflitualidade em torno dos novos programas de Português, requeridas por Vera Lúcia Caetano Mendes Alves Barbosa, Universidade do Minho, realizadas no dia 23 de abril de 2015 (orientadora).

10. Vogal do Júri das provas de Mestrado em Ensino do Português, com o título Os Marcadores do discurso e a didática da oralidade no ensino do Espanhol como língua estrangeira, requeridas por Pedro Oliveira, Universidade do Porto, realizadas em 26 de novembro de 2014 (arguente).

11. Vogal do Júri das provas de Mestrado em Ensino do Português-Espanhol, com o título Compreensão oral em aulas de PLE: contributos para atividades no nível C, requeridas por Teresa Bagão, realizadas na FLUP, em 26 de novembro de 2014 (arguente).

12. Vogal do Júri das provas de Mestrado em Estudos Portugueses Multidisciplinares, com o título Comunidades de práticas" nas redes sociais [Em linha]: atos de discurso em interação e estratégias discursivas principais, requeridas por Violante Rosa Teles Crespo Franco da Silva, Universidade Aberta, realizadas no dia 21 de maio de 2014 (arguente).

13. Vogal do Júri das provas de Mestrado em Linguística Portuguesa e Comparada, com o título A omissão lexical em expressões fixas, requeridas por Isabel Maria Magalhães Costa, Universidade do Minho, realizadas em 17 de dezembro de 2013 na (arguente).

14. Vogal do Júri das provas de Mestrado em Linguística Portuguesa e Comparada, com o título A construção do ethos em L’étranger de Albert Camus - uma análise linguística, requeridas por Micaela Maria Assis de Aguiar, Universidade do Minho, realizadas em 29 de novembro de 2013 (orientadora).

15. Vogal do Júri das provas de Mestrado em Estudos Portugueses Multidisciplinares, com o título Olá senhor Presidente e obrigado por ter vindo! Os actos de saudação e de agradecimento no discurso diplomático: Estudo contrastivo Português – Croata, requeridas por Davor Gvozdié, Universidade Aberta, realizadas em 9 de abril de 2013 (arguente).

16. Vogal do júri das provas de Mestrado em Ciências da Fala e da Audição, com o título Coesão lexical em textos descritivos e narrativos de meninos e meninas, requeridas por Vânia Filipa Rodrigues Figueiredo, Universidade de Aveiro, realizadas em 3 de dezembro de 2012 (arguente).

17. Vogal do júri das provas de Mestrado em Ciências da Fala e da Audição, com o título Ensino da leitura das sílabas complexas com base na terapia da fala, requeridas por Mariana Cirne de Almeida, Universidade de Aveiro, realizadas em 3 de dezembro de 2012 (arguente).

18. Vogal do júri das provas de Mestrado em Tradução e comunicação multilingue, com o título Spreading Culture on Border Regions – A Eurorregião Alentejo-Centro-Extremadura: estratégias para a sua promoção do ponto de vista linguístico-cultural, requeridas por Marta Sofia Leite Alves Maia, Universidade do Minho, realizadas em 15 de maio de 2012 (arguente).

19. Vogal do júri das provas de Mestrado em Linguística Portuguesa e Comparada, com o título A Escola como lugar de Discursos – interacções verbais formais entre professores, requeridas por Elvira Fernandes, Universidade do Minho, realizadas em 23 de março de 2011 (orientadora).

20. Vogal do júri das provas de Mestrado em Linguística Portuguesa e Comparada, com o título Os conectores como elementos discursivos. Estudo de porém, requeridas por Zlata Putnik, em 3 de junho de 2009 (orientadora).

21. Vogal do júri das provas de Mestrado em Linguística Portuguesa e Comparada, com o título Polifonia e modalização no debate radiofónico, requeridas por Ana Paula Nogueira Faria de Matos, Universidade do Minho, realizadas em 12 de maio de 2009 (orientadora).

22. Vogal do júri das provas de Mestrado em Linguística Portuguesa e Comparada, com o título Variação da vibrante múltipla no Português Europeu – um estudo sociolinguístico, requeridas por Ana Mécia Rodrigues Aleixo Marques, realizadas em 27 de janeiro de 2009 (coorientadora).

23. Vogal do júri das provas de Mestrado Interdisciplinar em Estudos Portugueses, com o título Heróis, vilões, vítimas e emoções no discurso jornalístico em reacção ao terrorismo: de Nova Iorque a Madrid e Londres. Uma abordagem cognitiva, requeridas por Ana Isabel Land, Universidade Aberta, realizadas em 12 de maio de 2008 (arguente).

24. Vogal do júri das provas de Mestrado em Linguística, com o título Entre sintaxe e discurso: contributos para uma análise da fragmentaridade em Ontem não te vi em Babilónia, de António Lobo Antunes, requeridas por Marina Rocha, Universidade do Porto, realizadas em 21 de abril de 2008 (arguente).

25. Vogal do júri das provas de Mestrado em Linguística, com o título Texto Narrativo/Texto Dramático: Uma Análise de A ROSA DO ADRO, requeridas por Juliana Assunção Fernandes, Universidade do Porto, realizadas em 11 de setembro de 2007 (arguente).

26. Vogal do júri das provas de Mestrado em Linguística, com o título Texto e Fragmento Textual – Processos de Re(con)textualização, requeridas por Teresa Castro, Universidade do Minho, realizadas em 19 de julho de 2007 (orientadora).

27. Vogal do júri das provas de Mestrado em Linguística, com o título A construção identitária do M.I.J.A. no discurso público, requeridas por Maria Leonor Quintela, Universidade Católica Portuguesa, realizadas em 22 de março de 2007 (arguente).

28. Vogal do júri das provas de Mestrado em Estudos Franceses, com o título Tendances et variétés du Français contemporain, requeridas por Maria Carolina da Costa e Silva, Universidade do Minho, realizadas em 27 de junho de 2007.

29. Vogal do júri das provas de Mestrado em Linguística, com o título Textos, géneros e composicionalidade – para uma abordagem do anúncio publicitário, requeridas por Ana Maria Caldes Cortes, Universidade Nova de Lisboa, realizadas em 29 de junho de 2006 (arguente).

30. Vogal do júri das provas de Mestrado em Linguística Portuguesa, com o título Estratégias de Argumentação e Construção da Imagem Pessoal no Debate Político Televisivo, requeridas por Daniela Braga, Univesidade do Minho, realizadas em 21 de janeiro de 2005 (orientadora).

31. Vogal do júri das provas de Mestrado em Linguística Portuguesa, com o título Questões de tempo e aspecto no discurso narrativo - alguns contributos, requeridas por Maria Isabel Afonso Brito, Universidade do Minho, realizadas em 19 de março de 2004.

32. Vogal do júri das provas de Mestrado de Linguística, com o título O alemão falado por portugueses, requeridas por Margarida Alice Castro Costa Coutinho, Universidade do Minho, realizadas em 9 de julho de 2003. (arguente)

33. Vogal do júri das provas de Mestrado em Linguística, com o título Sobre a semântica dos nominais e a ausência de artigo em português europeu, requeridas por Maria Alice Pereira Pinto, Universidade do Minho, realizadas em 5 de março de 2003.


Participação em outros júris

Júris de equivalência

1. Vogal do júri do processo de equivalência de habilitações ao grau de Doutor, de Jocely Teixeira Carlos, com a tese Fosse um Chico, um Gil, um Caetano: Uma análise retórico-discursiva das relações polêmicas na construção da identidade do cancionista Belchior, Universidade do Minho, em 5 de maio de 2017.

2. Presidente do Júri para apreciação do pedido de reconhecimento de habilitações estrangeiras equivalentes ao grau de Mestre, de Valeria Alekseevna Sherstneva, com a dissertação Infinitivo conjugado e modo conjuntivo: distribuição das formas na expressão das significações circunstanciais, Universidade do Minho, em 19 de fevereiro de 2013

3. Vogal do Júri de equivalência de habilitações estrangeiras ao grau de Mestre, requerida por Ana Cláudia Barbosa de Santana Pereira, com a dissertação Estratégias argumentativas utilizadas nos Discursos Políticos, Universidade de Évora, em 7 de julho de 2011.

4. Vogal do júri de equivalência de habilitações estrangeiras ao grau de Mestre, requerida por Cláudia Fernandes de Souza, com as provas intituladas O Símbolo e a Metáfora no discurso religioso – um estudo da homilia, Universidade Nova de Lisboa, em 14 de outubro de 2005.

Outras provas

5. Membro do júri das provas para conclusão do Curso de Complemento no Domínio da Língua Portuguesa, de Maria José Peixoto Coutinho, intituladas Espectro de Valores Ecológicos em abordagem nas escolas, realizadas no IEC da Universidade do Minho, em 17 de maio de 2007 (arguente).


Pareceres (Relatório de progresso de trabalho de tese de doutoramento)

1. Relatório de progresso do trabalho de tese de Doutoramento em Linguística do Texto e do Discurso, da Universidade Nova de Lisboa intitulado A figuração do enunciador nos discursos políticos, apresentado pela Mestre Sara Topete de Oliveira Pita. (parecer elaborado em abril de 2016).

Atividades letivas em instituições de ensino superior

Atividade docente em universidades estrangeiras

Cursos de doutoramento

1. Docente no Curso de Doutoramento interuniversitário, na Universidade da Corunha, com o seminário (regime intensivo): Análise do Discurso: a argumentação no discurso político, de 26 a 30 de maio de 2009.

2. Docente no Curso de Doutoramento interuniversitário, na Universidade da Corunha, com o seminário (regime intensivo): Análise do Discurso: a argumentação no discurso político, de 19 a 23 de maio de 2008.

Cursos breves

1. Cenas do discurso parlamentar: interação, imagens, emoções. Universidade de S. Paulo, de 6 a 8 de agosto de 2014.

2. Análise do Discurso Político Parlamentar (Portugal 1991-1995). Apresentação do processo de investigação. (DEA à triple sceau Universités Paris 3, Paris 4 et Paris 8), Universidade Paris IV-Sorbonne, em 15 de dezembro de 2003.

3. O Debate da Interpelação ao Governo – análise da organização enunciativa. Seminário integrado no Mestrado em Linguística e Ensino da Língua, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em 25 de janeiro de 2002.

Coordenação e participação em projetos pedagógicos

Direções de curso (1º e 2º ciclos)

1. Membro da direção do Curso de Licenciatura em Línguas Aplicadas (desde novembro de 2015).

2. Membro da direção do Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem (desde 2012).

3. Membro da direção do Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem, área de especialização em Língua e Tecnologias de Informação (2008-2011).

4. Membro da direção do curso de Mestrado em Ciências da Linguagem, área de especialização em Estudos do Significado Linguístico (2008-2011).

5. Membro da Comissão Diretiva do Curso de Mestrado em Estudos da Criança – Análise Textual e Literatura Infantil e ao Curso de Especialização em Estudos da Criança - Análise Textual e Literatura Infantil (IEC) (2007-2008).

6. Membro da Comissão do Curso de Licenciatura em Estudos Portugueses e Lusófonos (2008-2010).

7. Diretora do Curso de Licenciatura em Línguas Aplicadas (outubro de 2010 - junho 2012).

8. Coordenadora do Ramo Artes e Humanidades do Curso de Licenciatura em Estudos Portugueses. (2007- 2008).

9. Membro da Comissão do Curso de Licenciatura em Estudos Portugueses e Lusófonos (2006-2008).

10. Diretora do Curso de Licenciatura em Estudos Portugueses e Lusófonos (por substituição da Diretora, de Setembro a Dezembro de 2006).

Cursos breves para docentes do ensino básico e secundário

1. Formação para professores do ensino básico, Colégio Luso-Francês – Porto, 16 de novembro de 2013.

2. Compreender o Dicionário Terminológico - Características e especificidades dos termos e conceitos nos domínios da morfologia e da sintaxe, curso de formação de professores, organização: SIPE-Madeira, 2 a 6 de julho de 2012.

3. Temas de sintaxe – questões de análise da frase I, Colégio Luso-Francês – Porto, 12 de maio de 2010

4. Temas de sintaxe – questões de análise da frase II, Colégio Luso-Francês – Porto, 19 de maio de 2010.


Palestras e jornadas

1. Marques, M. A., Tipo…Características da oralidade. VI Encontro Nacional de Professores de Português e de Francês. Braga, 25, 26 e 27 de julho de 2017. (convite)

2. Marques, M. A., Divisão de sílabas gramaticais, no Instituto de Estudos Superiores de Fafe, em 15 de maio de 2013. (convite)

3. Marques, M. A. Uma Questão de Comunicação. Fórum FNAC: Ciclo de Tertúlias, org. GACCUM, (Grupo de Alunos de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho), em 24 de fevereiro de 2010. (convite)

4. Marques, M. A. Questões sobre a Terminologia para o Ensino básico e Secundário. Escola EB 2 e 3 de Viatodos, em 28 de fevereiro de 2007. (convite)

5. Marques, M. A. Campos lexicais, pressupostos e implicaturas – a nova terminologia para o ensino secundário. Escola Secundária D. Maria II, 2006. (convite)

6. Marques, M. A. Os valores dos tempos verbais. IV Jornadas de Língua Portuguesa. Escola Secundária Martins Sarmento, Guimarães, a 12 de outubro de 2005. (convite)

7. Marques, M. A. Regência verbal. Escola Secundária de Felgueiras, em 20 de abril de 2005. (convite)

8. Marques, M. A. Humanidades: Que futuro? Escola Secundária D. Maria II, em 7 de abril de 2005. (convite)

9. Marques, M. A. Ensinar Português: uma questão de cortesia. III Jornadas da Língua Portuguesa. Escola Secundária Martins Sarmento, Guimarães, de 13 a16 de maio de 2003. (convite)


4.1.3. Revisão científica

1. Revisão científica do manual Entre palavras 9: Vilas-Boas, A. & Vieira, M.. 2012. Entre Palavras 9, Língua Portuguesa, 9º ano, ed. Leya.

2. Revisão científica do manual Entre palavras 8:Vilas-Boas, A. & Vieira, M. 2011. Entre Palavras 8, Língua Portuguesa, 8º ano, ed. Leya.

3. Revisão científica do manual de apoio Oficina da Gramática: Silva, E. Maia, L., Gandra, M. & Ferreira, R. 2011. Oficina de Gramática – 2º e 3ºciclos, Porto: ASA.

4. Revisão científica do manual Entre palavras 7: Vilas-Boas A. & Vieira, M. 2010. Entre Palavras 7, Língua Portuguesa, 7º ano, ed. Leya.

5. Revisão científica da Gramática de Português:
Moreira, V. & Pimenta, H. 2008. Gramática de Português: 3º ciclo do ensino básico/ensino secundário. Porto: Porto Editora.


Projetos

1. Membro da equipa da reforma curricular dos programas de Língua Portuguesa (5º e 6º anos), no âmbito do projeto RECEB – Reforma curricular do ensino básico na Guiné-Bissau, integrado no projeto “Quality Education for All”, financiado pelo Banco Mundial. É uma parceria entre o Ministério da Educação Nacional da Guiné-Bissau e o apoio técnico da Universidade do Minho. (https://gulbenkian.pt/project/reforma-curricular-do-ensino-basico-na-guine-bissau/).
Coordenadora na Universidade do Minho: Prof Doutora Laurinda Leite (IE).
Equipa para elaboração dos programas de Língua Portuguesa para o segundo ciclo: Maria Aldina Marques (coordenadora), Maria Micaela Ramón (DEPL/UM) e Ana Ribeiro (DEPL/UM).
Equipa de elaboração do manual e do livro do professor para a disciplina de Língua Portuguesa, do 5º ano de escolaridade: Maria Aldina Marques (coordenadora), Maria Micaela Ramón (DEPL/UM) e Ana Ribeiro (DEPL/UM).