PraDiC

Pragmática, Discursos, Cognição

A atenção aos discursos enquanto práticas sociais, à língua em uso, suas características e funcionamentos constitui o núcleo agregador deste grupo de investigação, a partir do qual, e na continuação de caminhos de investigação há muito encetados e consolidados, os membros que o integram darão preferência a diferentes áreas de atividade linguística, temas de investigação e metodologias de abordagem. Pretende-se, num primeiro momento, criar uma dinâmica transdisciplinar que possa vir a concretizar-se também como interdisciplinaridade.

Estabelece-se, assim, como objetivos de investigação:

-Investigar os fenómenos da comunicação linguística como dinâmica que envolve uma interação profunda entre as estruturas linguísticas e as estruturas cognitivas, como as mais modernas descobertas nas áreas das ciências cognitivas evidenciam.

-Analisar os discursos como práticas sociais de natureza linguística, a fim de determinar as características da língua em uso.

-Analisar, descrever e explicar as características discursivas de géneros próprios do discurso político e do discurso mediático.

-Analisar o discurso publicitário como discurso de confluência de variadas dimensões e técnicas: linguísticas, cognitivas e comercias.

-Investigar, no âmbito da jurilinguística, (i) discursos do Direito em Francês e em Português, discursos comparados do Direito, simplificação da linguagem administrativo-jurídica; (ii) o plurilinguismo jurídico e a tradução jurídica.

-Investigar, no âmbito da linguística forense, a problemática da língua em contexto judicial e de Direito Penal.

-Analisar discursos em contexto de Tradução/Interpretação judicial.


Coordenador:
Maria Aldina Marques

Membros:
Investigadores seniores:
Maria Aldina Marques; José Teixeira; Maria da Conceição Varela
Investigadores juniores:
Micaela Aguiar
Colaborador:
Rui Manuel Ramos (Instituto de Educação, UM)