TransLM

TransLation/Mediation – Tradução e Trans-mediação


Membros:
Investigadores responsáveis: Maria Eduarda Keating, Maria Filomena Louro e Fernando Ferreira Alves.
Investigadores doutorados:
a)Ciências da Literatura: Maria Eduarda Keating, Maria Filomena Louro e Orlando Grossegesse.
b)Ciências da Linguagem: Fernando Ferreira Alves, Sílvia Araújo e Maria da Conceição Varela.

Investigadores não doutorados:
a)Ciências da Literatura: Maria Amélia Carvalho, Nadejda Machado e Tânia Azevedo. b)Ciências da Linguagem: Ana Teresa Correia e Dolores Lerma.

Colaboradores externos: Andréia Guerini, Anthony Pym, José Lambert, Claudio Bendazoli, Oscar Dias Fouces, Christine Zurbach e Erik Van Achter.

Descrição do Grupo de Pesquisa:

Os Estudos de Tradução são uma disciplina relativamente recente, de cariz transversal e estratégico, representando um fenómeno marcadamente interdisciplinar e intercultural, decorrente das várias manifestações da tradução enquanto atividade social e cultural ancorada na multiplicidade de textos que circulam num complexo sistema matricial, onde vários atores e agentes convergem e interagem. No contexto da globalização e do multilinguismo daí decorrente, os fenómenos de migração e de diáspora trouxeram para primeiro plano a tradução, nos vetores linguístico, cultural, económico e político, suscitando novas questões ligadas à construção de identidades, a novos produtos linguísticos, artísticos e culturais híbridos, bem como ao papel da tradução e dos tradutores nas relações económicas e culturais, local e globalmente.

A equipa inclui 6 investigadores doutorados – especialistas em tradução técnica e especializada, literária e jurídica, em contexto profissional, teoria da tradução, literatura comparada, e linguística contrastiva - com publicações nacionais e internacionais (ver: principais objetivos alcançados). Estes investigadores são também docentes no Mestrado em Tradução e Comunicação Multilingue que é membro da rede Optimale (ver http://www.translator-training.eu/) e candidato ao EMT label da EU / Comissão Europeia (ver http://ec.europa.eu/dgs/translation/programmes/emt/index_en.htm) bem como no curso de Doutoramento em Modernidades Comparadas. A equipa inclui também 4 investigadores, doutorandos em diferentes áreas dos Estudos de Tradução.

A diversidade e complementaridade desta equipa é o resultado de um trabalho de mais de 10 anos nesta área, desenvolvido numa ótica multidisciplinar e internacional, articulando investigação e profissionalização num contexto de participação em redes nacionais e internacionais.


Estrutura organizativa do Grupo de Pesquisa:

O grupo de pesquisa TransLation/Mediation tem uma matriz organizacional essencialmente transversal e multidisciplinar, integrando as diferentes áreas de investigação do CEHUM, nomeadamente as Ciências da Linguagem, da Literatura, Cultura e Filosofia, o que permite flexibilidade e agilidade na criação e gestão de projetos de investigação. Dada a diversidade de projetos do grupo, a coordenação será tripartida, de modo a assegurar a necessária articulação entre as diferentes linhas de ação do CEHUM, o Mestrado em Tradução e Comunicação Multilingue (MTCM) e o Centro de Línguas BabeliUM, com uma área de atuação na tradução e serviços afins. A equipa é coordenada por Fernando Ferreira Alves (linha de ação de Ciências da Linguagem / BabeliUM), Eduarda Keating (linha de ação de Ciências da Literatura), Filomena Louro (direção do Mestrado MTCM). Os investigadores doutorados asseguram também, para além do ensino de pós-graduação, a coordenação de projetos nesta área.

As diferentes atividades do grupo TransLation/Mediation são geridas através de reuniões semanais ou quinzenais. O grupo organiza regularmente workshops, seminários, conferências e outros encontros científicos e colabora regularmente com outros centros e redes de investigação nacionais e internacionais: CETRA, Bélgica/KU Leuven, PGET na U. Santa Catarina, Brasil, U. Paris 3, U. Lisboa, U. Porto, U. Tarragona, EST (Associação Europeia de Tradutores), SIG_TIPS (Grupo especializado em Tradução e Interpretação nos Serviços Públicos, Conselho Europeu), EULITA / Antuérpia. Durante os próximos anos serão concluídas 6 teses de doutoramento.


Objetivos de Grupo de Pesquisa:

Partindo do carácter linguístico da tradução e do seu condicionamento por fatores extralinguísticos, o grupo TransLation/Mediation analisa as manifestações sociais, culturais, políticas, económicas e organizacionais em torno deste fenómeno, para cartografar essas dinâmicas – em articulação com o panorama da indústria das línguas e das políticas linguísticas na globalização – e enquadrar o impacto destas variáveis na representação / construção de culturas e identidades profissionais, sociais e estéticas específicas.

Conclusões esperadas:

- melhor contextualização da tradução a nível cultural e identitário e da natureza da profissionalização dos tradutores e da circulação dos produtos traduzidos, permitindo o posicionamento no campo profissional e novas perspetivas sobre a profissão em contextos multilingues.;

- reenquadrar o perfil do tradutor e a formação de tradutores de acordo com normas sociais, profissionais e culturais;

- avaliar o impacto das dinâmicas sociopolíticas, culturais, identitárias e estéticas no desenvolvimento e caracterização atuais da tradução.


Principais Resultados Alcançados

A diversidade e complementaridade desta equipa é o resultado de um trabalho de mais de 10 anos nesta área, desenvolvido numa ótica multidisciplinar e internacional, articulando investigação e profissionalização num contexto de participação em redes nacionais e internacionais. A atividade de formação e investigação em tradução conduziu já à realização de cerca de 20 teses de Mestrado e 3 teses de Doutoramento na área, bem como à supervisão de várias dezenas de estágios (em diferentes contextos profissionais) e ações de formação dirigidas por especialistas nacionais e internacionais e destinadas a estudantes, investigadores e profissionais de tradução (5 seminários HOT – Hands-on Translation). O desenvolvimento dos Estudos de Tradução na U. Minho, em articulação com a política de transdisciplinaridade do CEHUM potenciou também uma perspetiva alargada e aprofundada deste fenómeno, que integra diversos projetos e publicações nas áreas da Literatura, da Cultura e da Filosofia (cf. Edições CEHUM e revista Diacrítica: http://ceh.ilch.uminho.pt/publicacoes.php).